0

300 Reloadings: um presente dos patrões

Sempre falamos que o Reloading não é nada sem a nossa comunidade. É um clichê dito por muita gente, mas que não poderia ser mais verdadeiro, afinal, se vocês não estivessem nos escutando, interagindo, apoiando, compartilhando e tudo mais, não faria sentido existir o Reloading.

Em comemoração aos 300 episódios do programa – o primeiro foi ao ar no dia 20 de março de 2015 -, enviamos um pequeno questionário para os nossos patrões responderem, com perguntas sempre sobre a sua relação pessoal com o Reloading. Abaixo, as respostas, e não temos palavras para agradecer tanto carinho.

O comum é nós fazermos os presentes para vocês, mas dessa vez foi o inverso. São 6 anos ao lado de vocês e que venham muitos e outros outros. 🙂


Qual a sua relação com o Reloading?

“O Reloading sempre esteve no meu coração e no meu ouvido, toda semana escutando ele. Me ajudou muito em me deixar informado e também como tratar o ouvinte, tanto porque se não fosse o Reloading não existiria o Bota a Ficha. Sempre serei grato a todos vocês, Bruno, Edu, Felipe e Rodrigo que acabaram querendo ou não se tornando meus amigos de toda semana, um forte abraço a todos vocês.”

“Reloading faz parte da minha vida já a mais de 6 anos, é uma constante que me acompanhou nesse tempo por muitos momentos difíceis. Seria clichê descrever essa relação como uma amizade, aquela famosa foto do menino sorrindo tomando sorvete do lado da propaganda com duas crianças rindo, mas o sentimento é muito semelhante, e por isso sou muito grato.”

“Posso dizer que, hoje, é uma relação quase que 100% pessoal, pois só não consegui conhecer pessoalmente o Felipe. Bruno e Rodrigo conheci na GGRF em 2017, Edu conheci na BGS 2018. Sem contar o engajamento pelo grupo de padrinhos e todo o entretenimento por acompanhar todos os episódios do Locadora e do podcast principal.”

“Meu podcast favorito, entrar pra patronagem e interagir com a galera é uma das melhores coisas, hoje converso diariamente com a galera da comunidade”

“O cast é parte do meu dia a dia já a alguns anos, o último ano em especial. Acabei me tornando patrão e nesse processo fiz grandes amizades.”

“Ouço religiosamente toda semana e acompanho nas redes sociais tanto as contas do Reloading em si, quando dos participantes”

“Adoro o podcast, acho uma forma super descontraída de ficar informado sobre os assuntos da indústria dos games.”

“É o único podcast que faço questão de ouvir logo que sai ou no máximo bo dia seguinte, o resto vai pra fila”

“Ouvinte, apoiador, ja participei das primeiras lives, joguei com bruno e o felipe”

“Comecei como ouvinte e agora sou apoiador”

“Hoje é uma relação de amizade forte”

“Padrinho e casado com o cast”

“De amor.”


Há quanto tempo você ouve o Reloading?

“Desde 2014”

“Não me lembro exatamente talvez em 2017, lembro que estava ouvindo há poucas semanas quando anunciaram o financiamento coletivo e logo resolvi apoiar.”

“Escutava o reloandig esporadicamente antigamente mas passei a ouvir com mais frequência desde a chegada do senhor Rodrigo Cunha, uma consciência mais que feliz diga-se de passagem.”

“Desde quando se chamava konamicast.”

“A uns 5 ou 6 anos não lembro.”

“Desde o começo.”

“Cerca de quatro anos, desde meados de 2017.”

“Desde 2017”

“Há aproximadamente 3 anos”

“Acredito que entre 3 a 4 anos.”

“Desde o programa 55, de 2016”

“Desde o primeiro episódio.”

“Desde o episódio 8, há uns 5 anos atrás se não me engano”


Que mensagem gostaria de enviar para a equipe?

“Comecei a ouvir o Reloading por conta do Sr. Bruno Carvalho, de uma indicação no 99Vidas. No início estranhei os dois companheiros de bancada, Edu e Felipe. O que eles tinham para contribuir no meu mundinho gamer? Ainda mais conversando com uma sumidade como o Professor Carvalho? Será que valeria a pena acompanhar mais um podcast de games? Com o tempo comecei a respeitar o menino Felipe e suas informações precisas de contatos obscuros na indústria e do grande mestre Edu, editor de 97,65% da internet e dono de opiniões contundentes e comentários cheios de personalidade. Com o passar do tempo o Reloading se tornou meu podcast número 1, seja de games ou qualquer outro assunto. A química dos participantes é cativante, os assuntos pertinentes e atualizados, as opiniões sinceras e cheias de carisma. Uma verdadeira pérola dos podcasts. Quando já me sentia confortável ao lado de meus amigos me aparece um quarto integrante. Quem é esse cara? Quem ele pensa que é para se intrometer no meu programa preferido? Mal sabia eu que estava entrando em contato com uma das pessoas mais fofas e queridas da podosfera. Rodrigo Cunha entrou no grupo para falar de um assunto que não tenho o menor interesse, mas que aprendi a pelo menos respeitar. Reloading pra mim é isso. Um grupo de amigos via podcast.”

“Bruno Carvalho, te admiro pelo teu amplo conhecimento da história dos vídeo games, dos conceitos de gamedesign e a tua condução do programa. Edu, te admiro pelos contrapontos que você sempre faz, você é sempre o cara mais questionador e também de opiniões fortes com bom embasamento. Felipe Mesquita, te admiro pelas opiniões sempre ponderadas e baseadas nos fortes dados da indústria que você sempre trás. Rodrigo Cunha, te admiro pela honestidade que você transmite, a boa vontade em ajudar de diversas maneiras expandindo o Reloading para novos campos. Um abraço a todos vocês, espero poder conhecê-los algum dia :D”

“Ola a todos. Eu sou o Pablo Suarez de Conselheiro Lafaiete, MG. Gostaria de dizer que ouço o programa desde o episódio 1 e que de longe é o cast que mais acompanho e adoro. O formato é muito bom e contar com uma informação tão precisa e confiável como a de vocês é raro hoje em dia, e continuem assim. Também gosto das opiniões diferentes que se completam e que criam uma diversidade muito boa. Espero que possam ter mais momentos de cultura pop, quando como falam de filmes e coisas aleatórias do cotidiano. Esses momentos são uma cereja do bolo que é muito bom de ouvir. No mais sucesso a todos e FICA EDU!”

“Que vocês sempre sejam essas pessoas maravilhosas que vocês sempre foram, já estou com saudades de nos vermos na BGS e Feira dos Pássaros da vida, maldito vírus! E espero que o Rodrigo pare de enrolar para que tenhamos a jogatina logo do jogo dos pôneis, muito obrigado a todos.”

“Quero parabenizar ao trabalho de toda equipe do Reloading que fez o programa chegar nessa marca espartana! É sempre uma satisfação e alegria ficar bem informado no mundo dos games, além de me divertir bastante quando a conversa rola solta! Muito obrigado a todos e fiquem bem!”

“Gostaria de parabenizar os 4 membros da equipe pelo excelente trabalho, a seriedade, dedicação e o comprometimento com o projeto, e agradecer por tornar o dia a dia com o fone de ouvido muito mais agradável.”

“Quero deixar os parabéns pelas 300 edições e agradecer pelo excelente trabalho realizado por todos, a comunidade magnífica que construíram só reforça toda a qualidade do conteúdo produzido.”

“Apenas um Muito Obrigado, de coração mesmo, por todos os momentos de alegria que vocês trazem semanalmente. E que atualmente são cada vez mais necessários e preciosos”

“Continuem sempre assim , a adição do Rodrigo Cunha só melhorou o programa. Edu se puder continue no programa, vocês quatro juntos são bons demais”

“Adoro vocês, amigos! Continuem com esse fantástico trabalho sempre, e sempre no mesmo alto nível de sempre! 😁”

“Simplesmente obrigado a todos, por fazer um trabalho sério, mas sempre descontraído”

“Nunca desanimem continuem o bom trabalho, vocês quatro formam um time incrível”

“Não se vá Edu!! Vc acrescenta mto além da edição.”


O que mais te atrai no Reloading?

“Não sei se as excelentes piadas de Bruno Carvalho ou os comentários sagazes de Edu Arrai. Ou seria as informações mais quentes de Felipe Mesquita ou a simpatia e empolgação do Rodrigo Cunha. Acho que no fim o somatório de tudo isso, que forma essa receita mágica de informação e entretenimento que vocês trazem pra nós. Muito obrigado e vamos pras notíciaaasss da semana.”

“O conhecimento e domínio sobre os assuntos, a edição dos casts, e por último mas não menos importante, a química e companheirismo entre os membros, a ponto de dar a sensação de que o ouvinte está acompanhando uma conversa de amigos e ao mesmo tempo profissionais. Eu mesmo, como ouvinte, me sinto próximo da equipe.”

“Informação com bom humor, onde cada participante tem um know-how de uma área diferente, com vivências e experiências distintas. No fim a dinâmica dos 4 é tão interessante e divertida que qualquer assunto tratado nos programas acaba se tornando atrativo, e isso é muito raro nesse tipo de mídia.”

“O que mais me atrai são os integrantes do podcast, a dinâmica também ajuda muito para o programa seguir também, mas pra mim o que mais atrai realmente são os integrantes da equipe. Que sempre são muito amigos e tratam super bem os ouvintes, inclusive eu.”

“Não apenas me informar do mundo dos games, como ouvir as opiniões dos participantes e o excelente entrosamento entre todos os participantes.”

“A química que os integrantes tem, e a união que a comunidade tem com o projeto, são poucos os projetos que a galera realmente é unida”

“Informação relevante num clima irreverente, a química entre os participantes é boa demais. Excelentes off topics”

“A química entre os participantes,as discussões sobre as notícias mais relevantes da semana e a comunidade.”

“MUITO conhecimento e sinergia dos participantes, além de ótimos locadoras que dispensam comentários.”

“A credibilidade na informação e química do grupo, além da proximidade dos casters com os ouvintes.”

“Notícias, lançamentos! locadora e rewinding me atraiam também, pena que não tem mais”

“A discussão em alto nível com o Bruno agindo como “âncora easygoing”. Hehehehehehe!”

“A interação dos participantes e os assuntos abordados.”