Reloading #059 – Nintendo Essa Estratégia

reloading-59

Nesse episódio, Bruno Carvalho, Edu Aurrai e Felipe Mesquita falaram sobre os números da Nintendo e anúncios sobre o NX,  desempenho do Playstation 4, o modelo exclusivo de Xbox One, em homenagem à Capitão América: Guerra Civil, e muito mais.

Duração:  123 min

Comentados:

>Easter Egg presente na campanha de DOOM
>Kickstarter de Blackroom, novo FPS de John Romero e Adrian Carmack
>Xbox One customizado do Homem De Ferro
>The King Of Fighters XIV – Trailer #1 (US)
>The King Of Fighters XIV – Trailer #2 (US)
>The King Of Fighters XIV – Trailer #3 (US)
>The King Of Fighters XIV – DLC Costume: Classic Kyo
>Player Two – Curta comentado no final do programa
>Imagem do “mod” de Mega Drive no Steam comentado no final do programa

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários para ouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca => http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

 

Compartilhe:
  • Márvio

    Fui ouvir este episódio hoje pois o evitei ao máximo. Mas como era o que tinha de não ouvido no meu celular eu resolvi terminar esta quest. E meu DEUS! Era tudo que eu esperava! É choro que não acaba mais do Bruno. Fiquei um tempo sem ouvir o cast por causa dele, mas ele deu uma acalmada nos mais recentes. Foi difícil, mas consegui terminar.

  • JamianGold

    Torço pra que a Nintendo surpreenda e faça o Bruno morder a língua! /ô/

  • Louelson Costa

    Vim só parabenizar mesmo.

    Parabéns.

  • Schmidt

    Da uma olhada galera, relançamento do The Last Blade 2 pro PS Vita e PS4…será que um dia vem um novo game da franquia?
    http://blog.us.playstation.com/2016/04/19/the-last-blade-2-strikes-ps4-ps-vita-on-may-24/

  • Wilton Pahim

    Olá amigos do Reloading!

    Quanto as decisões da Nintendo, eu acredito que agora o caminho é um só: Ou março de 2017 vai ser revolucionário pra Nintendo e pro mundo dos games ou infelizmente veremos o derradeiro adeus dela ao menos para os consoles de mesa.

    Maldita hora que roubaram essa carga de Uncharted 4, pois estou juntando meu rico e (muito) suado dinheiro para compra-lo em seu lançamento e agora vou ter de fugir de spoilers até lá. Eita mundo cão! Hehe!

    Já KOF infelizmente morreu pra mim no 99 onde gastei milhares de fichas no fliperama, assim como nos seus antecessores. Infelizmente não vejo nada que possa me atrair para esse novo game a ser lançado!

    Quanto ao kickstarter de Black Room eu estou capa do Chico Buarque com essa noticia: Feliz com a idéia, mas triste que não é pra console.

    E que video lindo esse do Player 2 meu amigos. História tocante, repleta de saudade e mais importante: Feita com o coração! Maravilhoso!

    Obrigado por mais um ótimo programa, como sempre, e até semana que vem meus amigos!

    Abraços!

  • thenets

    Ah, cara. O What_dogs é ruim, sim… Eu comprei, zerei, terminei umas side-quests… e mano, o jogo é ruim. Tem um milhão de coisas legais no jogo, mas o principal é horrível. O sistema de hack n faz sentido, faria muito mais sentido invadir, fisicamente, o servers para instalar backdoors, e não a partir de câmeras. O personagem principal é um mimado, bandido e idiota. A única personagem que eu fui com a cara, eles mataram… Eu fiquei bem frustrado. Triste ver quem faz jogos como AC tbm fazer uma história tão lixo.

  • Robson Gonçalves

    Tocante cara…. um belo curta, esse que vocês recomendaram. Fica bonito porque era uma paixão que eles tinham em comum, evidenciado nas imagens vistas…

    Com Relação a Nintendo…. o temos pra falar… ela está colhendo aquilo que ela plantou (será a vez da Sony com o seu PS4 NEO!?)… eu torço que ela acerte com o NX… Só lamento não usar o poder de divulgação da E3 para dar um “Boost” na expectativa (A não ser que ela resolva nos dar uma trolada e mostrar o console de surpresa durante o evento)…

  • Genilson

    Pra mim o Wii U teve 3 problemas que podem ser resumido em 1:

    1 – Nome/Market. Os não gamers que compraram o Wii não entenderam que o Wii U não era um acessório, na verdade era um “Wii 2”;

    2 – Praticamente sem jogos multiplataformas;

    3 – O principal problema. Hardware muito inferior aos do PS4 e X1 e esse foi o motivo pelo qual as thirds “desistiram” de portar seus jogos, ou seja, o hardware afastou as thirds e não conseguiu mostrar para os donos de Wii que o U era uma evolução do Wii.

    E baseado nessa MINHA opinião vem a MINHA TEORIA, a Nintendo não quer mostrar o console durante a E3 porque quer saber o que vai ser exatamente o PS4.5 e o X1.5 para não ficar pra trás novamente, e na verdade nesse momento eles estão com um console de specs flexíveis na mão, e só vai ser definido depois que a Sony e MS jogarem suas cartas na mesa, eu sinseramente acredito que o Wii só não foi completamente abandonado pelas thirds por causa do market share dele.

  • Auridian

    Quase pulava esse Reloading simplesmente por ser sobre Nintendo no nome, para mim, ela morreu apartir que fizeram o Metroid um jogo família no GameCube. Vivemos em uma geração que sobrevive por causa de nichos (e cada um com seus fanboys dignos de Talibã), e a Nintendo ao que parece encontrou o seu — apesar deste nicho fazer intersecção com o público gamer em sí, ela não parece estar interessada em dominar o conjunto ao todo.

    Nesse ponto de vista, pra ela não vale a pena participar de E3. Para o público gamer em geral, isso é rúim (pelos mesmos motivos já explicados no cast por volta dos 17min), uma vez que essa galera em sí está interessada no mercado como um todo (e quanto mais players estiverem nesse tabuleiro, melhor).

    E essa menina que foi demitida, foi mais um acordo entre cavalheiros do que o fato dela ter outro emprego — pois ela era gerava polêmica, causava um marketing negativo, entre outras coisas. A Nintendo se deu bem nesse caso, como diz o velho ditado: “É melhor ter duas abelhas voando que uma na mão.

    • Caio_RB

      Puta merda, parei na parte em que você diz que Metroid virou um jogo de família no gamecube. Nunca achei que veria uma bobagem dessas.

      Metroid Prime simplesmente é um dos melhores jogos da série, o mais vendido e o que fez a série sobreviver todos esses anos com diversas continuações como Prime 2, Prime Hunters, Pinball, Prime 3 e Other M.

      • Auridian

        Cara, eu sei que tais jogos são legais, tá ok? Não precisa usar esse vocabulário, pois dessa forma não sou eu que estou dizendo bobagens.

        Acontece que Nintendo seguiu um caminho, ou um túnel, na qual já não era mais comodo pra mim. Se o que ela fez é certo ou errado, bom ou ruim, dane-se. Os jogadores vão crescendo e vão querer jogos que te tratem como um adulto, e Super Metroid tinha essa pegada — a mudança nesse foco de forma alguma faz os jogos consequentes serem rúims, simplesmente que não é algo pra mim.

        O únicos jogos que tive vontade de jogar no Game Cube foram Eternal Darkness (acho que era esse nome, um jogo da Rareware) e os Resident Evils — os demais eram muito casuais pra mim gastar dinheiro. E somente dois ou tres jogos bons para meu perfil, não compensam de forma alguma.

        • Caio_RB

          O puta merda foi só pela surpresa porque nunca vi ninguém desmerecer os jogos dessa forma. É a primeira vez em anos que vejo isso.

          Metroid Prime não te tratava como adulto? Hein? Todos os Metroid depois de Super Metroid eram muito mais maduros do que ele e sim, te tratavam como adulto. Metroid Prime 2 por exemplo, é extremamente difícil e complexo.

          E Eternal Darkness era da Nintendo e produzido pela Silicon Studios. Um jogo muito bom por sinal.

          • Auridian

            Re-li meu comentário, e de forma alguma desmereci os jogos. E também o fato do jogo ser “Família” também não retira de nenhuma forma suas qualidades.

            E sim, todos os Metroids após o do super nintendo são jogos família, e não um jogo na qual colocariamos com o selo mature — nesse aspecto não falo somente de dificuldade, mostrar mulheres gostosas, ou mesmo corpos sendo decepados (exemplos de mídias nesse estilo: as estórias dos X-man roteirizados pelo Byrne como Deus Ama, o Homem Mata, tambem a saga da Fenix, ambas estórias maduras com o selo +18 sem mostrar violencia ou sexo de forma explicita).

            Super Metroid tinha essa tensão na qual eu acredito que os jogos de survival horror devem muito a ele. A cena em que a heroína entra no laboratório e ver os corpos, foram uma das mais assustadoras (e acho que ganha de qualquer jogo até os dias de hoje).

  • Caio_RB

    Vou discordar mais uma vez desse lance de que a E3 é tão importante que o Bruno frisa tanto. Não, ela não mais tão importante assim, ainda mais na era da internet. Como já havia mencionado antes, a maioria das pessoas não acompanha a E3 – nós, um nicho, acompanhamos -, elas acompanham as notícias que aparecem em outros sites. Por isso um direct não tem diferença de uma apresentação, por exemplo.E no caso de um evento dela só pro NX, geraria ainda assim MUITA notícia. E pra não dizer que só eu penso dessa forma, o Dan do Giant Bomb tweetou algo parecido anteontem.

    Eu acredito que a Nintendo vá anunciar ao menos 4 jogos pro final do ano na parte da E3.

    Mas gente, o que a demissão da Alison Rapp tem a ver com essa situação? Não tem absolutamente nada a ver. Ela foi demitida por razões de contrato – que foi uma desculpa – pela Nintendo of America, não pela Nintendo do Japão mas principalmente por aqueles imbecis insatisfeitos com a localização e tal.
    Eu não concordo com isso mas acho que o melhor foi isso pois os babacas que pegavam no pé dela ao menos esqueceram dela.

    Lost Reavers é da Bandai Namco, não da Capcom..

    Ah, joguei um pouco de Mirrors Edge e adorei. Vou tentar jogar mais no final de semana
    E baixei o Nioh mas não cheguei a jogar. 🙁

  • IsraelArraes

    Nintendo ignorar a E3 é bom?
    1-É mais econômico que um espaço na E3
    2-É mais cômodo, dar para preparar uma apresentação melhor.

    PORÉM ainda assim a E3 NÃO pode ser ignorada. A Nintendo resolver divulgar seu console apenas numa direct é péssimo, pois elas são destinadas apenas aos fãs. E a Nintendo tem que focar seu console no além fã, isso se ela quiser vender mais de 10 milhões de unidades.
    Eu entendo o que o Bruno quis dizer com a expressão “ganhar no grito”. O que vende console hoje não é exclusivo, nem acordo com thirds party, o que vende console hoje é ele ser mais falado, só isso. Aquele que está na boca do povo vende mais, mesmo que este não mereça.
    O ato de fazer directs para se promover, ao meu ver soa como se ela estivesse se enclausurando.

  • Schmidt

    To achando bem bacana essa data de lançamento em Março, faço aniversário esse mês e será a desculpa perfeita pra aparecer com mais um console aqui em casa hahahahha. Espero que seja retro compatível com Wii U, tem vários games que gostaria de jogar como o DK e Mario!!

  • Luciano Bullock

    acho q essa vitória do Wii na antiga geração foi meio amarga, ela lucrou muito, mas não conquistou as third parties, ficou devendo em jogos e muita gente encostou o aparelho depois de um tempo. Por isso muita gente ficou com pé atrás com Wii U e deverá ficar com NX.

    quanto ao mod do Sonic, aguardando algum Hue Brasil colocar o Ligeirinho no lugar do Sonic.

    • Caio_RB

      Acho que o problema é que quando a Nintendo vence, ela se acha a dona do mundo. Foi assim com o 64 e Wii U. A Sony a mesma coisa e quase se ferrou no Ps3.

  • SmokeE3 .

    Sobre o novo PS4, que VAI acontecer, eu estou acreditando que será algo positivo, pois a Sony vai mostrar na E3. Se ela mesma acreditasse que o PS4K fosse algo negativo pra marca, pq mostrar diante do mundo e não antes? E deixar a E3 apenas para as boa notícias?

  • SmokeE3 .

    O que nunca esperava ouvir do Bruno e do Edu é acharem que a Sega deu certo em abandonar o Hardware pra vender jogos em multiplataforma hauehueahue, chega á ser engraçado… “A Sega tá aí até hoje…” a Atari tbm ta aí até hoje, ambas são sucesso… “pena” a Nintendo não seguir esse rumo sem hardware pra se tornar o que a Atari ou Sega se tornaram….

    • Caio_RB

      Ambas não, apenas a Sega é. A Atari tá completamente esquecida e irrelevante..

      • SmokeE3 .

        aheuaheuheua. Já notou que se vc tivesse trocado a palavra Atari por Sega, a frase continuaria certa? 😛

        • Felipe Mesquita

          Não mesmo cara, equiparar as atuais situações de Sega e Atari é muito desonesto. Da uma olhadinha rápida nesse ranking aqui que vc vai entender

          http://www.metacritic.com/feature/game-publisher-rankings-for-2015-releases

          • SmokeE3 .

            Vc ta se deixando levar por números…
            O melhor jogo lançado: Streets of rage 2 (do mega drive) e melhor nova IP: Tembo (que não é da sega)… a própria metacritic diz, que antes de ficar feliz com o desempenho da sega em 2015, perceba que metade dos jogos são re-lançamentos do 3DS pro novo new 3DS, fora os re-lançamentos pro Ocidente. Tirando os re-lançamentos, ela nem entraria nesse top 10.
            E não quis equiparar exatamente (nem tem como, já que a Atlus nunca foi tudo aquilo), só acho que, por ela não ter mais o objetivo de criar jogos, ela não é mais quase nada. Gostava muito quando ela precisava fazer jogos. Acho que o único motivo de gostar dela hoje é a por causa da Atlus, Se um dia alguma nova empresa for entrar na criação de consoles, há estúdios aí que tem muito mais conteúdo sendo sendo produzido de alta qualidade antes da Sega.

            • Felipe Mesquita

              Rapaz, você comparou a Sega com a Atari, só isso que to questionando.

        • Caio_RB

          Cara, vou ter que discordar de você. A Sega ainda publica vários jogos – e bons – e desenvolve vários jogos bons como Hatsune Miku, Yakuza e Valkyria Chronicles. Além de estar bem financeiramente e ser dona da Atlus.

          Enquanto a Atari não publicou nada de relevante e está esquecida por aí.

  • Carlos Eduardo Galvani Nascime

    Sobre o NX, acho que vocês estão esperando um concorrente direto pro PS4 e XOne, mas não acho que é isso que ele vai ser. Vejamos:

    – A Nintendo fundiu os dois estúdios de hardware ( o IRD, que fazia consoles de mesa e o RED, que fazia os portáteis) em um só no ano passado.
    – A Nintendo lançou recentemente uma versão atualizada do seu portátil, que estatisticamente é um indício da “morte” do console (GBA SP e DSI XL foram assim, e nada indica que ela esteja focando no New 3DS pra manter a linha 3DS viva por muito tempo). Isso sem contar a queda de vendas do 3DS (que vendeu 14 milhões em 2013, vendeu um pouco mais de 6 milhões ano passado e com previsão de vender 5 milhões esse ano)
    – Março é uma data comum que a Nintendo, pelo menos no ocidente, lança seus portáteis.
    – O WSJ já havia dito (rumor, claro) que o console teria uma parte portátil e outra de mesa
    – Não só o lineup de jogos sendo desenvolvidos pela Nintendo pro Wii U é fraco esse ano, mas também pro 3DS (Wii U tem o Tokyo Mirage Sessions, o Olympic Games e o Paper Mario, 3DS tem o Kirby e Pokémon. Isso sem contar que o ano todo dos 2 foi bem fraco em relações a jogos first party, e grande parte no caso do WIi U principalmente terceirizado)
    – O novo Dragon Quest (com versão pra portátil diferente da do console) parece muito um jogo feito para um console híbrido (pra lidar com as limitações do portátil, claro)
    – O Iwata no ano passado já havia dito, quando perguntado sobre o apoio de thirds no NX, que teria uma “nintendo-like solution” pra isso. Com o foco de todos os estúdios num só produto, a Nintendo “mataria” esse buracos sem lançamentos nos consoles dela.
    – Kimishima disse em entrevista ao Nikkei, logo depois da apresentação desse ano fiscal, uma coisa bem interessante sobre o NX: “At this current stage, I’m not able to say. However, it’s not merely the successor to the handheld 3DS or stationary console Wii U. This will be hardware that’s been made with a new way of thinking. I’d like to announce more particulars regarding its specs and how it works another time this year.” Foi a primeira vez que a Nintendo comparou o NX com algum outro hardware e não foi somente com o WiiU. Interessante no mínimo, principalmente ele ter definido o Wii U como “stationary”.

    Na minha opinião tudo converge para o rumor de que o NX é um híbrido, provavelmente mais portátil que funciona na sua TV que o contrário. E uma coisa dessas, que certamente não é fácil de explicar, deve ser o motivo da Nintendo deixar pra última hora pra mostrar o NX, quando ela tiver o produto todo pra apresentar. Principalmente pra não cometer o mesmo erro do WIi U em 2011 na E3. Veremos 😀

    • Lucas Vinicius

      Exato se for uma coisa mais complicada faz todo sentido um evento exclusivo só para o console,mostrar como ele funciona e varios jogos que devem vir com ele de vez dividir espaço com WiiU e 3DS. E também não só nintendo ta abandonando a E3 Actvision e EA ja disseram que não devem ter coisas no Showfloor.(mas claro são só grandes desenvolvedoras e não fabricantes de console)

      Tomara que a nintendo consiga bom acordos com Third Party para o NX não se dar tão mal com a galera que joga mais.

    • Felipe Mesquita

      Concordo com muitos pontos que vc fez, e comentários dele ser um hibrido nos já tecemos varias vezes em outros programas. Mas isso não muda o fato que a estrategia é sim estranha, pq se ele for um hibrido ”plug’ n play” super casual e consumer friendly o melhor lugar pra se mostrar ele é exatamente na E3. Mas o motivo dele não estar lá é claro, falta o software que não ta em condições ideais ainda de ser mostrado.

      E sobre essa ultima declaração do Kimishima eu nem daria tanta bola, a Nintendo sempre falou que novos hardwares são únicos e que não vem pra matar ou substituir os que já tão no mercado, e todo mundo ta cansado de ver que isso não acontece.

      • Carlos Eduardo Galvani Nascime

        Sim, mas acho que o cagaço da E3 de 2011 ainda ronda a Nintendo até hoje. E imagino que o próprio hardware não está definitivamente pronto ainda, o próprio controle do Wii U teve mudanças de 2011 até o lançamento. E também conta o que vocês mesmo disseram: ela não pode errar com hardware de novo. Ainda mais com ela perdendo cada vez mais espaço nos portáteis, que ela sempre reinou.
        Sobre a declaração, eu nem achei tão relevante o fato de ele falar que não vai substituir, mas sim citar os dois. Porque se não for só serve pra confundir, e não imaginoque eles vão cometer esse erro de novo.

      • Schmidt

        Poderiam fazer igual a Sony e mostrar só o controle pra dar aquele gostinho!!

    • Caio_RB

      Quando você diz que o ano do 3DS tem poucos lançamentos é porque só conta first party né? Apesar de que já foram lançados vários first nesse ano, ainda tem o Federation Force e Rhythm Heaven Megamix, além do Kirby e Pokémon mencionados.

      Mas com third party tem muito mais que vai vir e outros jogos que ainda serão localizados..

      • Carlos Eduardo Galvani Nascime

        Sim, first party. É mais pra mostrar que os estúdios próprios da Nintendo estão fazendo pouca coisa pro 3DS. Metroid está sendo feito pela Next Level e o Rhythm já saiu no Japão no ano passado.

        • Caio_RB

          Tem razão então.

  • Lucas Vinicius

    Sobre a garota sei la ela tinha um contrato e quebrou ele,é errado demitir?

  • Lucas Vinicius

    Mas tipo tem empresas que estão abandonando a E3 (EA e Activision), serião que vcs estão espantados com ela deixar a E3 de lado? Eu acho que vcs estão pensando muito no passado cara hoje em dia faz um direct FOCADO SÓ NX com jogos e ainda falando volta das third party serio que acha que as pessoas não vão compartilhar e discutir. As coisas que mostram na Playstation Experiencie(quando tem coisas legais) tem muita repercusão também acho que ficar dependente só de um evento é uma coisa ruim.

  • Ramon Almeida

    Já entrei esperando o podcast e esperando justamente esse tema. hahaha

  • Luan Alves Neves

    A sexta só começa se tiver reloading. E sobre esses anúncios malucos da Nintendo ainda por cima? Garantido pra ouvir no busão!