Reloading #068 – O Medíocre Número Nove

reloading-68

Nesse episódio, Bruno CarvalhoEdu Aurrai e Felipe Mesquita falaram sobre os anúncios de Bioshock Collection, Detona Ralph 2, a campanha de Kickstarter para System Shock, suas opiniões após terem terminado Mighty No. 9 e muito mais.

Duração: 103 min

Comentados:

>Trailer de Bioshock The Collection
>Kickstarter de System Shock
>Segredo escondido em The Witcher 3: Blood & Wine
>Video de Civilization VI narrado por Sean Bean
>Jogo cancelado do Demolidor – Unseen 64

Pré-venda do jogo do 99Vidas na Nuuvem

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários paraouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca => http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Compartilhe:
  • http://www.zelda.com.br/ Twero

    Edu: “Não usarei a palavra com F por causa do programa, então usarei o ‘dane-se’

    *5 minutos depois*

    “Eu sei que é spoiler dizer, mas FODA-SE!”

    Hahahaha, eu ri! xD

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Foi mais forte do que eu.

  • Wilton Pahim

    Olá mais uma vez meus caros: Bruno, Edu, Felipe e todos os ouvintes do Reloading!

    Apenas queria dizer que essa idéia pro game do Demolidor foi uma tremenda furada mesmo. Tudo bem que eu nem fazia idéia de que teriam um game em desenvolvimento, mas por mais que eu adore o personagem nesses 20 anos que coleciono hqs ele não sustenta uma empreeitada dessa infelizmente.

    Infelizmente também eles terem adiado o lançamento da coleção Batman – Return to Arkham para a nova geração por tempo indefinido, mas a noticia do anuncio oficial da coleção Bioshok para a nova geração foi um “bálsamo” acompanhado de um grande alivio de satisfação.

    E estou extremamente tentado a participar dessa campanha do System Shock, esta excelente mesmo.

    Obrigado por mais um ótimo programa, e até o próximo episódio meus amigos.

    Abraços!

  • Silvio Melo

    Mighty No. 9 é bem gostoso de jogar. Segure o rage do arrependimento de Backer, Bruno. Concordo que tem problemas de gameplay, mas se você esquecer um pouco esse compilador de notas compradas (Metacritic), vai ver que o jogo não é tão ruim assim. Sei que poderia ser MUITO melhor com o dinheiro que supostamente foi usado nesse jogo, mas o jogo é legal sim. Acho que os problemas que SEMPRE levantam é do visual e jogabilidade. Não vou discordar, mas isso não é grandes problemas não. Apenas quem liga pra gráfico mesmo… Jogabilidade tem alguns problemas ? Sim, mas nem Megaman X era tão bom de jogar, o mapeamento dos botões do Mighty No 9 ficou MUITO superior ao Megaman X. Pra dar o Dash é muito mais fácil e etc.. Pra mim, não era tão gostoso de jogar o MMX como o Mighty No. 9 por causa do mapeamento. Não nego os erros apresentados, mas não precisa exagerar também. Tem muitos jogos piores.

  • Silvio Melo

    Mighty No. 9 é bem gostoso de jogar. Segure o rage do arrependimento de Backer, Bruno.

  • Roger Vincoletto

    Com essa quantidade anormal de jogos saindo agora no fim do ano, será que nao começaremos a ver adiamentos de jogos para Q1 2017?

  • Schmidtera

    Fui dar uma conferida no kickstarter do System Shock, e a campanha está muito bacana!!! Excelente recomendação.

  • danrley

    isso de um console mais forte ser impedido de “acelerar” pq o console mais fraco existe é normal pra quem é pc gamer, como os jogos precisam ser capados pra poder rodar nos consoles quem joga no pc acaba tendo que aumentar a resolução para melhorar a qualidade como o tão falado 4k ou o 2.5k e tbm colocando mods que melhorar texturas e colocam reflexos melhores pro jogo ficar mais bonito

  • Louelson Costa

    #textaoSobreOsConsoles

    Encurtar as gerações eu não vejo problema, mas acho que dois anos ainda seria pouco.

    Ao meu ver, o ideal seria 3+1, 3 anos fabricando e mais 1 ano antes de descontinuar o console. Mas na verdade, acho que o que encerra uma geração anterior é o número de consoles antigos ainda ativos, e o número de consoles novos vendidos.

    Agora o que me estranha esse encurtamento de gerações é que o “descobrimento” do hardware também leva tempo, vide os jogos da NDog no PS3. Talvez encurtar as gerações faça com que o know how dos estúdios não chegue ao ponto de otimizar o hardware em patamares acima de 90% (um chute, mas que uso para exemplificar).

    Mas, novamente, a MS e SONY podem lançar já a nova geração e aos poucos irem “matando” a geração XONE/PS4, mas descontinuar mesmo eles só o farão quando for economicamente viável, ou seja, quando a base da nova geração atingir os valores mínimos desejados/esperados pela empresa.

    Acho que de agora em diante será mais difícil vermos três jogos da mesma franquia dentro de uma geração, acredito que no máximo dois jogos por geração (e olhe lá).

    E, realmente, eles estão buscando se espelhar no mercado de celulares, onde “deve-se” trocar de aparelho todo ano, ou no máximo 2 anos. Mas acho que o mercado é diferente, visto que a finalidade principal dos produtos é diferente, então talvez as pessoas ponderem mais antes de trocar de console todo ano, algo que é comum com os celulares. Claro que isso é para parte da população, muitas pessoas se contentam com celulares defasados (meu caso inclusive), visto que, por incrível que pareça, só utilizo o celular para telefonar.

    • Louelson Costa

      Sobre as versões Aurrai dos jogos, eu acho que facilita sim o aprendizado, pelo menos para chamar a atenção do aluno para o tema. Eu mesmo, quando mais novos, vi muitos temas abordados de forma superficial nos games, para depois ir pesquisar mais afundo nos livros (AoE, AoM).

      Então acho que o ideal para os jogos Aurrai seria apresentar o tema (história no caso dos CIVs) para as crianças, mas claro que para a prova elas deveriam estudar pelos livros. Pode-se também ir direto para os livros, mas muitos livros são monótonos, pouco didáticos, e ter uma associação do lazer com o conhecimento ajuda muito no aprendizado.

  • Roger Vincoletto

    Nossa, estou meio impressionado com a opinião de vocês sobre estas questões de novos consoles, sobre a questão de celulares também, TV 4k e tal. às vezes sinto que parece mais uma resistência à mudanças. Acho simplista demais achar que isso é “coisa de empresas porco capitalistas que querem fazer você gastar cada vez mais”. Entendo seus argumentos, mas me parece mais um medo da mudança do que efetivamente riscos para o mercado de games. Um bom exemplo é essa remasterização de Biochock. Como ficamos eternamente na ultima geração, joguei bioshock no PS3 com uma resolução porca, abaixo de 720p, texturas de baixa qualidade. Bioshock infite comecei a jogar e parei pois era visivel a baixa resolução. Meu Mafia 2 dá tanto screen tearing que parei de jogar. Eu queria poder ter jogado tudo isso a 1080p a 30fps com texturas de alta resolução mas não pude pois só dava no PC. Enfim… vamos ver como vai ser.

  • IsraelArraes

    Essa reflexão em torno dos novos consoles é válida, e particularmente eu também não estou entendendo a aceitação dos troux, quer dizer, de alguns fanboys que não só aceitaram como estão se vangloriando da parada. Só o que eu vejo é caixista, a título de exemplo, dizendo “Chupa Sony, quero ver superar o hardware do Scorpion.”
    Olha o nível, comemorando o possível fim da indústria dos consoles, por que o caminho que ambas pretendem seguir só estimula ainda mais a migração dos gamers pro PC(o oposto do que pensa os acionistas). Isso sem falar do buraco em que a Sony se meteu, por que ela não tem dinheiro pra competir com a Microsoft na corrida dos hardwares. Chega a ser irônico.
    Outra coisa, não acho que existirão exclusivos para o PS4K(ou Neo), até por que ele é só um hardware um pouco melhor, ao contrário do Scorpion, um novo projeto que provavelmente trará novas funcionalidades e especificações. Agora nada impede da Sony fazer um PS5 nos mesmos moldes do Scorpion, já que este deve sair em 2018(estimulado pelo NX e Scorpion).

  • Sulean Moura Barros

    Melhor jogo da Spiders é o Bound by Flame (Combate Excelente). The Technomancer é uma evolução de Mars: Wars Log.

  • Aladato

    Vamos renomear o jogo para Million Nº 4

  • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

    Pra quem está tendo problemas pra baixar o episódio aí:

    https://www.facebook.com/reloadingbr/posts/1775662489381357

  • Bruno Zeroum

    Já que a temática do proximo Detona Halph será a iternet, seria maneiro o filme com memes. E que contasse com a presença do Nicolas Cage em chroma key conversando com os personagens digitais.

  • Jorge Filho

    Compartilho do mesmo problema do Sr. Edu.

  • http://nerdindie.blogspot.com.br Sergio Rodrigo

    Nao to conseguindo baixar o cast, seja pelo navegador, celular ou gerenciador de download
    Entrei em outros sites de podcast e consigo baixar normalmente.

    • Caio_RB

      Aqui foi normalmente.

      • http://nerdindie.blogspot.com.br Sergio Rodrigo

        To pedindo pra um amigo meu baixar e me mandar.
        Pelo navegador dele tbm deu falha, ta usando um gerenciador.

        Abçs!

  • http://nerdindie.blogspot.com.br Sergio Rodrigo

    Boaaaaaa!!!
    Vou ouvir na ida pra casa 😀

  • leandro( ODST summoner) alves

    Might n 9 melhor se fosse em 2d como o Megaman 8. Seria mais agradável aos olhos

  • Douglas Fernandes Leite

    Fazendo Pipoca pra ver a treta nos comentários kkk