Reloading #071 – Detetive DeVito

reloading-71

Nesse episódio, Bruno CarvalhoEdu Aurrai e Felipe Mesquita falaram sobre o filme Pokemon, problemas com Overwatch, novidades chegando para o fim do ano, e muito mais…

Duração: 65 min

Comentados:

>Novo trailer de Gravity Rush 2
>PAC-MAN Championship Edition 2 – Announcement Trailer
>Site de Cosmos Rings, RPG da Square Enix desenvolvido pro Apple Watch
>Primeiro EP de Life Is Strange de graça em todas as plataformas  (Pagina com os links)
>Kickstarter de System Shock, agora com PS4 como plataforma também
>Rise of the Tomb Raider: 20 Year Celebration Announcement Trailer

 

Pré-venda do jogo do 99Vidas na Nuuvem

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários paraouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca => http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Compartilhe:
  • Marcelo Fornazari

    Ainda não escutei, mas estou ansioso para saber o que o pessoal achou dos anúncios do Sonic e do Mega Drive Classic.

    Também quero mostrar uma coleção que concorre de igual pra igual com a do Bruno Carvalho….

    Tirei uma foto com o site do Reloading aberto 😉

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Caraca, tá maneira hein!

  • http://www.fodaseomeuwebsite.com fodaseomeunome

    Sega anuncia versões retrô do Mega Drive
    Olhar Digital – Há 1 h
    Seguindo os passos da Nintendo, a Sega também anunciou recentemente o lançamento de um console retrô. O dispositivo será uma versão menor do seu clássico Mega Drive, e será lançado para comemorar os 25 anos do primeiro jogo do Sonic, mascote …
    http://goo.gl/zgg7qU

    control c + control v

  • Auridian

    Não entendi a crítica do Edu em relação ao greenlight. Tem vários jogos merda? Tem, mas é aquilo que a galera está disposta a gastar (dinheiro e imersão/dedicação). Acho que já é difícil encontrar um jogo que bata com seus gostos por lá, e ainda jogos que vc queira ver por lá é uma coisa chata procurar na Steam/greenlight — estou querendo dá acesso ao Battle for Westnoth, um jogão open-source, e pra encontra-lo fora do navegador é um verdadeiro parto — e esse tipo de coisa já aconteceu com outros jogos.

    Em fim, não dá pra agradar a todos, e é bom que seja assim. Mas nisso, a própria comunidade vai julga-lo se ele não valer a pena, assim como aconteceu com vários jogos após terem sido lançados, e independente de greenlight.

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      A questão é que não tem um crivo pra saber o que é picareta ou não. Ou o que é apenas merda. O negócio deveria servir como um termômetro do que tem potencial para ser aprovado, mas o que se vê é mais um “deixa na mão do povo”, que ao meu ver não funciona.

  • Louelson Costa

    Ainda estou processando a capa desse episódio.

    RLeague é o jogo pra unir todos as tribos, que nem foi o Norvana.

  • Darko Himself

    Amigos, post de utilidade pública!
    Vocês esqueceram de mencionar (eu dei uma pesquisada e não achei nada) que a Ubisoft está dando DE GRAÇA no 0800 o jogo do Splinter Cell através do Ubisoft Club.

    https://club.ubi.com/#!/pt-BR/ubi30

    Esse é o segundo jogo gratuito disponibilizado no aniversário de 30 anos da empresa.

    Por favor espalhem a palavra!

    • Auridian

      Podem dar toda a biblioteca da uplay, pra mim nem morto. Mas acho que essa informação já foi dada em casts anteriores.

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Comentamos sobre isso há uns dois programa atrás. Mas ainda vale a utilidade.

  • Wilton Pahim

    Olá mais uma vez, meus caros amigos do Reloading!

    Começo dizendo que a idéia de um filme live action do Pokémon, tem tudo pra ser o novo Alvin e os Esquilos da atualidade, ou seja: Uma merda. Independente de querer aproveitar o hype do Pokémon Go, não vejo essa idéia vingando de modo algum.

    Quanto a Sony estar barrando até o momento o Rocket League ser o 1° game a unir jogadores de todas as plataformas ao mesmo tempo, eu fiquei bem chateado com isso. Na boa, se um game merece essa honra, é o Rocket League. E espero que isso se resolva logo, para ver esse mesmo status de diversão quando for desfrutar Gwent – The Video Game.

    Na boa, eu estou aguardando faz tempo poder jogar o novo Tomb Raider no meu PS4. Adorei o 1° game do reboot e tenho certeza que dessa vez não será diferente também.

    Tomara também que esse novo “alpha/beta” do Nioh seja tão bom quanto o anterior. Agora que eles vão atender a alguns “pedidos” dos gamers, tem tudo pra se tornar ainda mais incrível de joga-lo até a data de seu lançamento oficial.

    Já sobre o Xbox One S, eu prefiro esperar o natal do ano que vem. Na real, essa história de “adiantar” a gereção ainda vai dar muito mais do que falar.

    E parabéns pela escolha da música Edu, lembro que foi só por ouvi-la que comprei o MGS – Snake Eater na época. Essa música é demais mesmo.

    Obrigado por mais um ótimo programa e bom fim de semana para todos.

    Abraços!

  • Carlos Baptista

    KKKKKKKKKKKK
    Parece que criei uma tendência de circulação de keys, excelente.

  • Lunawarrior

    Cast bacana. Quanto ao grinding, depende muito de quanto o jogador aprendeu as mecânicas do jogo. Lembro que a primeira vez que joguei Persona 4 (PS2) tive que fazer um grinding violento nos primeiros chefes pois era a primeira vez que joguei um jogo da serie. Hoje em dia jogo a versão do PS2 na dificuldade mais difícil sem fazer grinding.

  • Jorge Filho

    Ouve alguma mudança sobre os jogos futuros do Xbox One? Usuários dos atual consoles terão versão dos jogos que será lançado para o novo console?
    Fico em duvida em adquirir o console atual…

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      O Xbox One S (que é o modelo slim), tem o mesmo hardware do XOne atual, mas com saída para 4k e a possibilidade de tocar discos blu-ray ultra HD, além de, obviamente, ser mais compacto.

      O projeto Scorpío será o Xbox One mais poderoso, a ser lançado no final de 2017. Só a partir daí que haverão mudanças nos jogos. Primeiramente, com um aprimoramento gráfico (talvez um upscale) para resoluções maiores do que o Xone normal, mas ainda assim a Microsoft garante (e a Sony também) que todos os jogos serão compatíveis com ambos os consoles, Xone atual e o Xone “Scorpio”. Embora, no Xone original e no Xone S, com uma performance “inferior”.

      Teoricamente (isso é uma especulação minha), seria como rocar um jogo de PC no medium ou no ultra. O medium seria o Xbox normal e o ultra seria o vindouro Scorpio.

      • Louelson Costa

        Eu também penso assim.

        Acho que o Xone atual só começará a ficar defasado depois de um ano de Scorpio, mesmo com as empresas que os jogos lançados rodarão em ambos.

        Mas como vocês já comentaram noutros casts, não faz sentido nivelar uma corrida entre uma Ferrari e um Uno pelo Uno.

  • Schmidtera

    Acho que o grinding não acabou, só mudou de forma. Pois em se tratando de RPG tem sempre de evoluir e acumular XP de uma forma ou de outra!

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Evoluir é uma coisa que faz parte dos RPGs ou Metroidvanias da vida. A questão da crítica é o grinding em si. Você parar o que está fazendo porque não pode prosseguir ou derrotar o inimigo, já que precisa de level. E aí fica literalmente para cima e para baixo por horas, dias, semanas.

      Chrono Trigger, por exemplo. Se você seguir o fluxo do jogo, não vai precisar parar para ficar grindando. The Witcher 3, outro exemplo, se você encontra um inimigo mais forte que você, você simplesmente continua sua jornada por outros caminhos e na hora certa você estará pronto. Isso nunca vai interromper seu jogo.

      O caso de Final Fantasy das antigas e das weapons, especificamente, nada mais é do que um teste de paciência. Você está acumulando números, para alcançar outros números. Nem chego a chamar de desafio.

      • Schmidtera

        Concordo Edu, e particularmente detesto grinding…mas de uma forma ou de outra ele sempre está presente nos RPG. Essa mecanica de level tem evoluido bastante mas ainda precisa dar um passo além e sair um pouco desse lance de derrote inimigos ou faça quest e ganhe xp.

  • Yamato

    Por que vocês comentam quando Neverwinter é portado pro PS4, mas não quando Earth Defense Force 4.1 é portado pro PC? É um jogão que merece mais atenção.

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Ficarei de olho, valeu a dica!

      • Yamato

        Fora isso, ótimo programa!

  • SmokeE3 .

    O Felipe Mesquita mencionou o erro no preço do jogo Song of the deep, e é uma boa ressaltar:
    Jogos que vão lançar em disco normalmente tem um preço muito maior do que os digitais, mas a PSN tem um problema já até usual que ela coloca com o preço abaixo do original no dia do lançamento e depois reajusta, então é uma dica de como economizar.
    Exemplos:
    Gravity Rush: preço atual 99,90 (esteve por 61,50 no dia do lançamento)
    Resident Evil 5: preço atual 149,99 (esteve por 61,50 no dia do lançamento)
    Song of the deep: preço atual 119,90 (esteve por 55,00 no dia do lançamento)

    tem outros, como talos principle, mas já não lembro o preço. Sendo que esse preço atual pra jogos multiplataformas são o mesmo no Xbox One.

    • Felipe Mesquita

      Único caso que foge ai é o Gravity Rush Remastered, que não lançou em formato físico no BR e o preço de 61.50 foi erro mesmo. Na conversão atual da PSN de ~3 Reais pra 1 dolar o preço de jogos que custam U$29 é algo entre 90-99 Reais mesmo.

  • vinicius

    Mal comecei a ouvir, e ja tava me mijando de rir do Pikachu interpretado pelo Deni Devito! xD

  • Almighty

    Comecei a jogar Ingress há alguns dias, é bem interessante, mas deve ser bem mais legal se tiver outros amigos jogando também.
    Também comecei o Brave Exvius, achei legalzinho, mas nada que me prendeu muito (tal como o Record Keepers). O foco é no colecionismo, e não na história. Mesmo assim, o jogo é muito bonito. Em breve sai um novo pra mobile (Mobius Final Fantasy, que me parece já ter saído no Japão).
    E parabéns ao Sr. Edu pela música de encerramento =]

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Leio esse comentário no exato momento em que ouço o Sr falar no Podtrash, hehehe.