Reloading #074 – Todos Amam Metroid, Menos a Nintendo

reloading-74

Nesse episódio, Bruno CarvalhoEdu Aurrai e Felipe Mesquita falaram sobre a esperada chegada e a triste partida de  AM2R – Another Metroid 2 Remake,  a interferência, ou não, do Xbox Scorpio nas vendas do Xbox One S, o evento da Sony agendado para Setembro, No Man’s Sky e muito mais…

Duração: 76 min

Comentados:

>RESIDENT EVIL: THE FINAL CHAPTER – Official Teaser Trailer
>8 Minutos de Gameplay de campanha de Gears Of War 4
>The Storyteller: Fallout
>Blog do Nerd, Uai!

>Road To Ballhalla
>Party Hard
>No Man’s Sky

Pré-venda do jogo do 99Vidas na Nuuvem

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários paraouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca => http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Compartilhe:
  • Silvio Melo

    No Man’s Sky foi a decepção do ano. Preço injusto, bichos feios e nada que foi prometido foi entregue. Decepcionou MUUUUITO mais que Mighty No. 9 e Watch Dogs. Decepcionou muito mais que tudo esse ano na minha opinião.

  • Antonio Cesar Martins

    am2r para sempre

  • Louelson Costa

    Vocês falaram de alguns projetos feitos por fãs/indies e depois foram incorporados por grandes empressas, e adiciono a lista: DOTA e Portal! Um era um mod de WC3, que depois foi acolhido pela Valve e virou o DOTA2, já Portal era um joguinho baseado na ideia com portais, e depois virou esse clássico tão amado.

    Não sei se ES e Fallout dariam historias legais, talvez antologias? Eu não curto muito a franquia, mas sempre torço pra que mais coisas relacionadas a video-games (dentro e fora dos joguinhos) deem certo.

    No Man’s Sky deve ter sofrido muito pelo hype, fora a lista que saiu essa semana com o que foi prometido e com o que foi entregue. Esse próximo cast vai ser loko!!

    Excelente cast, apesar de curto, dá tempo nem de chegar em casa e já termina… =[

    • Louelson Costa

      Ah, já ia esquecendo!

      Como já comentei em outros casts, acho que um ciclo honesto de consoles seria de 4+1 anos, sendo esse 1 ano uma interseção com a geração seguinte. Seria uma folga pra galera migrar de console e tal, enquanto novos jogos surgiam para a próxima geração.

  • http://www.twitter.com/RaptorHawk Hawk

    O No Man’s Sky só possui uma galáxia. A viagem que você faz é para outros sistemas dentro da mesma galáxia.

  • Ícaro Melo

    Venho acompanhando o reloading já a algum tempo, e noto que a maioria dos casts é dominado pelo Edu, acaba se extendendo muito nas suas falas e prologando demais suas opiniões, me soa um pouco “empolgado” demais e acaba prejudicando um pouco o fluir do cast, gostaria de ouvir mais do Felipe. isso claro é minha opinião, de forma alguma estou querendo ser hater, somente uma critica construtiva, fora isso, mais um excelente cast!

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Obrigado pelo toque, Ícaro. Vou tentar melhorar esse aspecto.

  • Junior Xavier

    Do jeito que amam a Sony, capaz que falariam mal do grande hit,exclusivo e super lançamento No Man Sky. Desde a E3 tá sodas aguentar o 99 e o Reloading.

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      É falta de adeus?

      • Junior Xavier

        Obrigado por ajudar a retirar um podcast do feed. Continue sempre assim.

  • Schmidtera

    Acho que o grande problema do No Man Sky foi todo o hype gerado, seja pela desenvolvedora, produtora e até mesmo pela mídia especializada. Tanto se falou, muito especularam e propagandearam a torta e a direita, e nunca falavam algo realmente concreto. A Sony e seus amigos tem sido malandrinhos em seu marketing, ou temos sido bobos??

  • Sergio Silva Rocha

    A Sony faz a maior propaganda enganosa dos últimos tempos com esse NO MAN SKY, e ninguel tem nada para falar como assim?!?!? Lamentavel

  • Wilton Pahim

    Olá caros amigos e ouvintes do Reloading!

    Sobre o (curto) programa dessa semana eu posso dizer que:

    Aguardo ansiosamente jogar também o Gwent: The Videogame, mas até lá tenho continuo jogando bastante Gwent nas dlcs do The Witcher 3 e na vida real com os decks das cartas que vieram com essas mesmas dlcs. Sensacional.

    Quanto a mudança de hardware na atual geração de consoles, por mais que eu deteste a idéia, infelizmente não vejo uma volta para esse caminho que a Sony e a Microsoft pretendem seguir. O mercado atual de consumo é o que dita as regras e por mais desgosto que fique com o que vejo, essa é a triste realidade do momento.

    Já o trailer do 6º filme da franquia Resident Evil no cinema, eu curti bastante. Tudo bem que ele é bem “mais do mesmo” em relação do que vimos nos anteriores e que eles não respeitam o espírito dos games como gostaríamos, mas aprendia criar uma “suspensão de descrença” em relação aos filmes e assistir em busca da pura e simples diversão. Fora que sempre ter a chance de ver a bela Milla Jovovich é sempre bem vindo.

    E antes de ir, quero deixar registrado mais uma vez os meus parabéns ao Edu pela escolha da canção no final do programa. Eu escuto Theory of a Deadman desde 2002, onde ouvi seu 1º sucesso “Invisible Man” na (excelente) trilha sonora do 1º filme do Homem – Aranha do Sam Raimi. A nível de curiosidade, nessa mesma trilha sonora o vocal da banda (Tyler Connolly) aparece como 2º guitarrista no clipe da música “Hero” ao lado dos vocais Chad Kroeger e Josey Scott. Fora que ainda espero ter a chance de ver o grupo no Brasil um dia, sem contar que tocar “Santa Mônica” foi uma ótima escolha mesmo. Valeu.

    Obrigado a todos por mais um programa como sempre, e até semana que vem meus amigos.

    Abraços!

  • SmokeE3 .

    Sobre os novos consoles, eu até gostaria de ouvir a opinião em relação ao meu ponto de vista: Eu acho que a Sony está ok com o Neo, estamos na 8ª geração e esse novo console será um upgrade, mas continuará sendo um console de 8ª geração. PS5 poderá ainda ser considerado um console de 9ª geração.
    Já a Microsoft está em um ponto de incerteza, pq o One S hoje é da 8ª geração, mas o Scorpio não continuará sendo 8ª geração e nem 9ª. Pode se dizer q é a 1ª geração de uma nova era sem gerações (parece irredundante).
    O que eu acho estranho é que eu sempre todos colocando o Neo e o Scorpio lado á lado, como se eles tivessem o mesmo objetivo, mas se nesse meu ponto de vista, não tem.

    • Felipe Mesquita

      Bem, foi praticamente isso que falei no programa. O NEO ainda é um PS4, pq compartilha boa parte do seu hardware com o PS4, já o Scorpio um novo hardware. O que eu vejo de mudança na verdade, é exatamente o ponto que vc tbm tocou em que o termo ”Xª Geração” vai acabar ficando obsoleto, ainda mais com o NX se juntando a esse bolo…

      Então como a classificação de geração vai pro espaço, não tem como evitar a comparação de dois hardwares de videogame que visam a mesma fatia do mercado de games e que vão receber muito provavelmente os mesmos softwares das third parties.

    • Davi Marques

      Duas vertentes! Primeiro, se as empresas lançassem um console a cada quatro anos e tivesse uma “garantia” de que ele rodaria tudo por oito anos não seria mal. Eu poderia trocar a cada quatro anos ou a cada oito quando ele não pudesse mais rodar uma coisa ou outra. Segunda, essa é uma geração quebrada por conta de tecnologias disruptivas, depois que PS5 e XBox Two puderem rodar VR e 4k as gerações poderão voltar ao normal!

  • Caio_RB

    Eu não acho tão frustante principalmente porque a Nintendo poderia ter mandado tirar desde o início da produção mas deixou o jogo sair e dois dias depois tiraram após um monte de gente ter baixado. Aí agora, tirar é impossível.

    • Felipe Mesquita

      Cara, vc entende que isso é virtualmente impossível né? Como que ela ia impedir o cara de produzir a parada dentro da casa dele?

      • Carlos Eduardo Galvani Nascime

        Na verdade, não. Se ela manda um cease and desist antes e o cara lança mesmo assim ela teria causa ganha por violação de direito autoral. Tomar providências antes é essencial nesse caso.

      • Carlos Eduardo Galvani Nascime

        Até porque tudo é virtualmente impossível de ser impedido. Você pode passar no sinal vermelho, roubar, matar uma pessoa. A questão é se a punição vale o “esforço”.

      • Caio_RB

        O projeto dele já era conhecido há anos e o site já estava aberto a tempos tbm, se a Nintendo quisesse, poderia ter mandado um cease&desist e o remake poderia nunca ter sido terminado.

        • Felipe Mesquita

          A carta de Cease and Desiste não é um documento validado judicialmente não, e pode muitas vezes ser ignorado e questionado. Galera sempre pula fora de cara por medo. Esse método é muito utilizado pelas grandes corporações até em casos que a parada entraria na lei de fair use. Não é bem o caso, mas não é binário assim também não