Reloading #078- Donos de Consoles Amadores na BGS 2016

reloading-78

Nesse episódio, Bruno CarvalhoEdu Aurrai e Felipe Mesquita, em uma semana cheia de eventos, falaram sobre a Brasil Game Show 2016 (BGS 2016), a Nintendo Direct sobre o 3DS, a Conferência da Sony para as “novidades” do Playstation, e até o Keynote da Apple, por causa da Nintendo.

Duração: 100 min

Comentados:

>Nintendo 3DS Direct
>Super Mario RUN Gameplay
>Introducing the PS4 Pro
>Horizon Zero Dawn – Gameplay Trailer | PS4 Pro 4K
> Mass Effect Andromed – Official 4K Tech Video
>PS4 Pro 4K Gameplay Sizzle |

Pré-venda do jogo do 99Vidas na Nuuvem

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários paraouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca => http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Compartilhe:
  • Didi Pool

    Excelente escolha de música Sr. Felipe. O anime do JoJo é excelente, recomendo.

  • thenets

    Tem um problema nessa conversa toda sobre os consoles. A sony ainda pode sair por cima dizendo: Olha a MS dividindo o mercado fazendo todo mudando q compro o One e Slim com um console lixo. Enquanto isso, todo mundo do PS4 vai poder jogar todos os jogos e pagando menos.

  • http://www.zelda.com.br/ Twero

    Poxa, eu fui na BGS e procurei vocês, mas só achei o Bruno (que, aliás, muito obrigado pelo papo e pela atenção! Reforço que o jogo do 99Vdias tá supimpa e tenho orgulho de ter bankado na época do projeto). Mas fica para a próxima!
    Na BGS pude jogar o Horizon, Gravity Rush 2, FF XV na estande da Saraiva (que tinha uma fila infinitamente menor RSRS), peguei autógrafo do Hashimoto-san e vi as apresentaç~eos do The Last Guardian e do Horizon!
    Essas apresentaç~eos foram boas pois pudemos fazer pergutnas aos produtores dos jogos e descobrir mais alguns detalhes.
    E de VR tive a sort ede jgoar no London Heist (eu queria jogar o jogo do Rez, mas não dá pra ter tudo, rsrsrs) e faço as minhas palavras a do Felipe: é uma experiência interessante e imersiva, mas nem a pau vou comprar, está muito acima do meu poder de compra.

    Sobre o Pro, nem tenho muito o que comentar, tô mais feliz pelo anúncio do Slim, pela data de lançamento já ser essa semana e pelo preço justo! Será meu primeiro PS4!

    Sobre o Federation Force, o que eu vou dizer aqui é SPOILERS, então podem parar de ler aqui!
    …. Bruno, aparentemente o final do jogo indica que uym novo Prime está por vir.
    Sobre o jogo em si, certamente ele não é o jogo que uma franquia aniversariante como Metroid merecia para o ano, mas aparentemente o jogo não é uma cagada completa, nem uma afronta a franquia.
    Considerando que é um jogo da next level games, ficou um jogo mediano, com um gameplay bacana e as referência a Metroid foram bem colocadas, focando mais na Federação Galática.
    Infelizmente não pude jogar o jogo, mas um amigo meu de quem confio bastante a opinião chegou a curtir o game mais do que esperava. E aqui tem uma análise honesta do game feita pelo Gamesfoda, outro portal o qual compartilho muito a opinião. http://www.gamesfoda.net/2016/08/quale-a-desse-tal-de-metroid-prime-federation-force/

  • Wilton Pahim

    Olá mais uma vez meus caros: Bruno, Felipe, Edu e todos os ouvintes do Reloading!

    Começo dizendo que a BGS desse ano estava muito boa, e teve mais acertos do que erros dessa vez. Entre eles:

    Joguei Horizon – Zero Dawn e adorei a experiência. Um jogo lindo, com inúmeras possibilidades e que promete ser (até pelo seu gameplay lembrar um pouco tambem) o novo The Witcher 3 do próximo ano. Aguardo ansiosamente.

    Quanto ao Call of Duty: Infinite Warfare, o jogo esta ótimo tambem e a guerra futurista esta a todo vapor. Mas ao mesmo tempo pra mim que essa “guerra no futuro” já me cansou igualmente, pois o que eu gostaria mesmo era que eles voltassem a trabalhar com guerras mais “pés no chão” e menos “ao infinito e além” como vem sendo. Mas tirando a minha opinião, eles entregaram um bom jogo sim até o momento.

    Agora, poder jogar finalmente Gwent: The Witcher Card Game no estande da CD Projekt RED foi maravilhoso. Confesso que no começo, pela mudança do layout de alguns baralhos e novas cartas acrescentadas tambem, eu fiquei meio perdido. Mas depois de algum tempo jogando, ai é fácil lembrar o porque deste jogo de cartas ter me encantado tanto enquanto jogava The Witcher 3. Fora que sentar lá pra jogar e ver uma linda cosplay de Triss sentada a sua frente, e ao meu lado outras cosplayers (igualmente lindas) de Ciri e Yennefer e todas elas jogando foi algo incrível e a ser lembrado por mim com toda a certeza.

    E o que dizer do jogo do 99 Vidas?!
    Foi um dos jogos mais divertidos que joguei no evento, cheio de referências, um trabalho realmente bem feito e ainda tive a oportunidade de falar sobre ele com o próprio Bruno e com o Edu (Felipe ficou pro ano que vem infelizmente) que estavam por lá no dia tambem e foi sensacional. Mas uma coisa eu digo: O game tava no level hard, não é possível. Hehe!

    Mas como ponto negativo da BGS, eu tenho de ressaltar foi sobre o VR. Eu não consegui jogar NENHUM jogo em VR no estande da Playstation pois além da fila quilométrica a quantidade de senhas para o dia foi abaixo do esperado, ao menos pra mim. Mas a minha maior indignação foi com o Batman Arkham VR no estande da Warner que distribuiu somente 12 SENHAS NO DIA, e olha que eu fui um dos 50 primeiros a entrar na BGS aquele dia, e ainda disseram que iriam sortear mais senhas no dia para quem participasse de interações no estande. Isso foi uma puta sacanagem com os gamers isso sim!

    Pra encerrar, a minha opinião sobre o PS4 Pro é que foi sim um tremendo tiro no próprio pé feito pela Sony e que eles deviam ter lançado somente a versão slim do PS4 como é de praxe e somente isso. Pois se você vai lançar algo que praticamente não vai mudar em nada o mercado (como promete ser o Xbox Scorpion talvez) é melhor se calar e trabalhar mais pra gerar essa mudança do que fazer um lançamento desses. Infelizmente essa é a triste realidade do momento atual da Sony.

    Obrigado novamente pelo ótimo programa, e obrigado de coração tambem ao Bruno e ao Edu pela oportunidade de conhece-los pessoalmente e trocarmos uma idéia sobre games, música e muito mais. Obrigado mesmo.

    Abraços a todos e até o próximo cast, valeu!

  • Adao Nunes

    Boa tarde amigos do reloading, faz um tempinho que não comento apesar de acompanhar todos os programas.

    Tenho uma sugestão de episódio que gostaria de pensassem sobre ele com carinho pois seria algo muito épico para o histórico do Reloading e pode entrar no quadro Locadora do Reloading.

    O episódio será Histórias de Locadora, 1 semana antes da gravação vocês pedem para os ouvintes mandarem áudios pelo Zap para você onde os ouvintes contarão historias marcantes da época de locadora, fatos engraçados, lançamentos que marcaram na época, e vocês selecionam os melhores para fazer parte do programa.
    E durante o programa vocês rolam um áudio e depois os 3 comentam sobre a história contada se passaram por algo igual etc.
    ai ser pura nostalgia, com certeza um programa épico.

    Obrigado e continuem com o ótimo trabalho.

  • Louelson Costa

    Caixistas!

    Hahahaah

    Foi boa o debate do programa, legal as empresas tomando caminhos diferentes, e cabe a nós entusiastas se deliciar com a competição.

    Muito bom o cast, parabéns.

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      heheheeheh só tô esperando tacharem a gente de nintendista agora, hauaahaha

  • Schmidtera

    Huahauahuahahaa Bruno sendo Bruno!!

  • Schmidtera

    Gostei muito da Nintendo Direct…Aguardando anciosamente Dragon Quest pro meu 3DS!!!

  • Dcnauta Marvete

    Então, se eu quiser ver um BD 4k da Sony, o melhor é comprar um Xone S? 0_0?

  • pfnino

    Show de programa, nem o felipe conseguiu salvar o pro hehe

  • Carlos Eduardo Galvani Nascime

    Bruno tá precisando dumas férias, muito rancor no coração…

  • Alberto Yamamoto

    Poxa, gosto bastante do podcast mas o Bruno tem uma posição de dono da verdade muito forte. Pega leve pra deixar o programa mais leve, você não precisa saber tudo e prever tudo. Isto deixa o podcast constrangedor.

  • Eduardo Camolez

    Quando o Felipe Mesquita falou que o PS VR estava acessível, deve ter falado de sexta-feira. Concordo com o Edu Aurrai, pelo menos sábado tava quase impossível testá-lo! Cheguei as 10:45 na fila de entrada da BGS e já tinha gente pra caramba na frente. Os portões abriram por volta das 12:30 e fui direto pra Sony. A fila pro VR era quilométrica, mas só fiquei alguns minutos porque logo apareceu um cara com credencial da Sony avisando que já tinham sido distribuídas todas as senhas.

    Quanto ao Play Station, fiquei com uma dúvida, o PS 4 “antigo” rodará bem o VR? Ou somente o PS 4 Pro (blema) é que rodará bem?

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Olha, é pra rodar de boa sim. Ao menos a maioria das pessoas que tem experimentado a experiência do VR no PS4 normal está com uma opinião positiva.

      • Eduardo Camolez

        É, então acho que vai demorar um pouquinho pra eu pensar trocar de PS4 hehehehehehehe Valeu pelo retorno, Edu! Abraço

      • http://www.zelda.com.br/ Twero

        Eu joguei o London Heist lá e achei bem imersivo! Algumas falhas de detecção quando deixava o controle muito perto de mim, mas de resto foi uma experiência interessante!

        Apesar de eu não não quere desenbolsar TANTO por essa experiência.

    • http://www.zelda.com.br/ Twero

      Eu só consegui jogar no VR na quinta, dia de imprensa, e isso porque consegui uma senha. Nos outros dias as senahs ja tinham acabado. :/

      • Eduardo Camolez

        Cara de sorte você hehehehehehehe Só consegui jogar com o Oculus Rift no estande da Dell (com a Microsoft – Windows 10 – se não me engano). A experiência foi muito boa, mas não tem comparação com o joguinho infantil que joguei.

        • http://www.zelda.com.br/ Twero

          Eu joguei o London Heist e foi bem imersivo!

      • Schmidtera

        Nem assim consegui…cheguei tarde na quinta.

  • Darth Paul Poor Traaais

    Concordo com a posição de que a Sony “meteu os pés pelas mãos” com esse PS4 PRO. Seja por confundir, seja por segmentar ou por tentar criar “um problema pra vender a solução”.
    No final das contas o PRO fica longe de ser necessário, assim como não é de todo inútil. Quem já tem um PS4 “Amador” não precisa. Só quem ainda não tinha um console Sony vai realmente achar interessante.
    Sabe o que poderia mudar um pouco essa má impressão? Se eles tivessem apostado na retrocompatibilidade com o PS3. Ainda teriam a desculpa do “gente, não fizemos isso antes porque estava uma droga. Agora, depois de 3 anos, conseguimos acertar a mão!”. Com o PlayStation Now chegando aos PC’s, isso seria interessante.
    Parece que os próximos anos serão difíceis pra Sony…

  • Vagner Aniceto

    Peraí! Tem TV full HD (ou seja, que não atinge 4k) com suporte a HDR10?

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Aparentemente não. O lance é que é HDR já é um aspecto usado há tempos em PC e fotografia e eu realmente acreditava que existissem TVs full HD com HDR.

      • Raizen Fox

        Não existe, pesquisei e encontrei um artigo no Techtudo, abaixo o fim da matéria.

        ‘Para quem, com alguma razão, ainda não vê motivos para comprar TVs 4K, a
        má notícia é que na CES 2016 nenhum fabricante apresentou unidades com
        resolução 1080p e HDR. Como a feira não só antecipa lançamentos do ano
        todo, mas também aponta tendências para a indústria, o HDR pode não
        chegar aos televisores Full HD.’

      • Vagner Aniceto

        Valeu, pensei que eu tava ficando loko.

  • Caio_RB

    Eu sinceramente não esperava que Super Mario Run fosse anunciado assim do nada, até porque os únicos tinham sido Fire Emblem e Animal Crossing.

    Pikmin continua sendo feito porque é do Miyamoto e porque provavelmente o jogo se paga, tal qual Kirby, Fire Emblem e outras franquias que devem ter um orçamento bem menor que um Metroid. Além de que FE e Kirby tem direitos divididos com Intelligent Systems e Hal Laboratory respectivamente.

    Quanto a Donkey Kong, ele sempre vendeu mais que Metroid. O Returns por exemplo vendeu 7 milhões no Wii e 1 milhão e pouco no Wii U, obviamente por causa de pouco hardware em comparação.
    O Zelda mais vendido é o Twilight Princess com 10 milhões de unidades. Zelda na maior parte sempre vendeu mais que o Metroid mais vendido que é o Prime, são poucos que venderam menos.
    E por último, discordo que só se venda Mario. As franquias da Nintendo que mais vendem são Mario, Pokemon, Animal Crossing e Zelda.

    Quanto ao PS4 Pro e Slim, nem liguei muito, até porque já tenho um PS4, então não faz muita diferença. Se eu não tivesse um, provavelmente compraria um slim.

  • IsraelArraes

    Já falei isso em outros lugares, mas o pessoal esta focando muito a discussão em torno do hardware. Sendo que isso nem vai ser tão importante. Quem vai vender mais? Aquele mais poderoso, ou aquele mais barato? Quem não se lembra do lançamento do PS3 nos EUA? Eu também acho o “PS4 Pro” pouco atrativo, e não me arrependo nem um pouco de ter pegado o PS4 normal, porém não ha como negar que o preço dele é competitivo e acessível ao consumidor. O Scorpion por sua vez é um vídeo game muito poderoso e com alta tecnologia, se o preço dele não for abaixo dos 499 então pode esquecer o mercado Americano. Pra mim o maior desafio da Microsoft com ele será o preço.

  • Jeoval Chamusca

    A M$ foi muito sagaz, anunciou o Scorpio e junto com ele o Universal Windows Platform (que alguns criticaram tanto) mas a questão é vamos ter uma plataforma unificada de desenvolvimento que vai unir o W10 os consoles e as próximas plataformas Windows, ou seja ela vai poder lançar o XBOX 2 ou XBOX Spider e foda-se a compatibilidade os jogos ja vão funcionar nativamente tanto no nos consoles, nos PCs e nos celulares, obviamente limitados pelo Hardware, A Sony me lança um console Bêbo, que anuncia um 4k que na verdade é quase uma mentira, O Horizon ja foi confirmado que não sera 4k nativo ou seja é uma mentira, garantiu uma melhora de FPS mas a EA ja disse que Mass Effect sera 30fps nele tbm. que diabos então faz esse console? Pessoa 4K Upscalin vcs não precisam do console para isso ja tem TVs 4k que são vendidas ja com essa função ou seja se a pessoa ja tem uma tv dessa nem vale a pena comprar esse console.

  • JamianGold

    Pessoal, achei o Super Marion Run genial!! A forma como eles pensaram no gameplay para explorar a fase sem vc ter que usar um direcional é fantástica. Eu não jogo muito no celular, talvez as ideias aplicadas no Mario Run já existam, mas pra mim é novidade total.

  • Thiago Savela

    Microsoft deu rasteira na sony? kkkkkkkk scorpio não passa de um rascunho no papel, quem vc acha que vai ter mais trabalho pra mostrar o que se pode fazer com esse hardware? pro já estará no mercado com 1 ano ai independente da resposta do consumidor, sendo quê quando tiver passado esse tempo a oferta desse console deve melhorar assim como promoções, preço menor, assim como tbm as diferenças entre ps4/pro nesse tempo ai, fora que tudo isso ainda se tem a questão de preço do scorpio , uma GTX1070 tem 6,5 teraflops (2 mil reais aqui no br, preço que paguei na minha) e custa cerca de 380 dólares, como os consoles usam placas da amd, acredito que o tal escorpião pra atingir 6teraflops deva usar uma RX490 e duvido que seja um equipamento barato, o 4K ta sendo discutido por ai, tudo que a sony queria, então meio difícil essa rasteira da microsoft

    • Jeoval Chamusca

      Lembre que eles vão usar uma arquitetura nova e comprar em volume gigantesco ou seja o valor vai la embaixo.

  • Marcelino Pinheiro

    Também não me interessei pelo Playstation Pro, meu próximo console da Sony será somente o PS5. Mas a pergunta que fica é: Melhoria gráfica é o que precisamos no mercado atual de games? Olhando para os títulos lançados atualmente não é o “ser mais bonito” que me atrai na compra.
    Peço um favor para os amigos do Reloading, gosto muito da opinião diferenciada de cada um de vocês, só creio que precise de uma discussão tão passional. As vezes um diz “eu falei isso porque tinha certeza que você ia discordar” e fica martelando um ponto que nem estava em discussão. Parecia que não estavam se ouvindo…
    Sucesso a todos! Melhor podcast de notícias das interwebs!

    • Jeoval Chamusca

      lembrando que 2 Teraflopes não é “um pouco mais poderoso” 0.5 é a diferença do PS4 para o Xone e é o suficiente para jogos serem rodados a 1080p e 30fps em um e 900p e fps variavel em outro

      • Marcelino Pinheiro

        Sim, mas não creio que quem comprou o PS4 comprou porque ele é 0.5 mais poderoso. Eu comprei pelos jogos.
        Preferia que se preocupassem mais com o fator diversão do que beleza.

        • Jeoval Chamusca

          Uma galera comprou pelo 0.5, até porque se fosse pelos exclusivos Uncharted venderia no minimo uns 30milhões de copia

          • Marcelino Pinheiro

            E outra galera comprou pelos jogos, amigos que também tem, preco 100 obamas mais barato…

  • Ítalo Chianca

    Ouvindo o PodCast e escrevendo os próximos livros da WarpZone. Valeu, galera. Tá demais. Parabéns.

  • dellagustin

    Tirei o chapéu pra essa música de encerramento hein, musicasso!
    Não conhecia.

  • Luciano Bullock

    Pensei que iria voar cadeiras nesse programa… 🙂

  • Rodrigo Matos

    Excelente programa, mas discordo com relação a Sony. Pretendo comprar um console desta nova geração no final do ano, e depois de ontem me decidi pelo PS4, pois acredito que a Sony irá dar suporte para ele durante um bom tempo ainda, ao contrário da MS que provavelmente abandonará o XONE depois do lançamento do Scorpio ano que vem, dado o histórico da companhia, e principalmente a disparidade de hardware, e pra mim isso é um desrespeito com o publico que investiu no XONE e agora no XONE S. Quanto ao PS4 Pro, a Sony já tem um console parecido em sua história, o PSX, que era um PS2 “turbinado” lançado em apenas alguns mercados, e isso não impediu o PS2 de ser o console mais vendido de todos os tempos, e pra mim esse cenário irá se repetir agora. Não vejo problemas em ter um console feito pra quem tem tv 4k, pois acredito que isso não afetará o suporte ao PS4 Standard, muito pelo contrario, agora que o PS4 será o console desta geração com menor preço, acho que venderá ainda mais. Finalizando, se o PS4 Pro vai vender muito ou não, pra mim pouco importa, não sou acionista da Sony e isso não me interessa, o que me interessa é o apoio ao console que pretendo comprar, e a Sony, pra mim, reiterou esse apoio com essa conferencia, diferente da MS que enfrenta uma derrota nesta ainda jovem geração e já pretende pular para a proxima para tentar reverter o quadro de vendas, mas ao mesmo tempo desrespeitando quem resolveu investir no XONE.

    • SmokeE3 .

      é, o PS4 Pro, diferente do que o Bruno quis dar á entender, não é uma nova plataforma principal (já que comparou ao Wii U). Se o PS4 Pro for sucesso ou fracasso, não muda em NADA no PS4, o PS4 continua o mesmo, e depois do PS4 pode vir o PS5. Já o Xbox é como vc falou, quando sair o Scorpio, o Scorpio importa se der certo, já que ele pode SIM matar o One. Além do mais, quem acredita q eles darão um console 4x mais potente e proibir as desenvolvedoras de lançar jogos exclusivos? Isso vai contra a própria palavra que eles deram.

    • IsraelArraes

      Concordo, também não vejo motivos pra alardear. A maior prova do suporte é o poder de cada console, um é 2 vezes mais forte que o outro(PS4 Pro), já o outro(Scorpion) é 5 vezes!! Daqui a 3 anos, não tem como fazer um jogo que rodar no Scorpion e no ONE ao mesmo tempo.

    • Jeoval Chamusca

      Porque a M$ vai abandonar depois do anuncio do WU? se a mesma programação de pc ja vai funcionar nativamente para o Windows o Xbox e o Scorpio?