Reloading #117 – Beijinho Retrocompatível no Ombro do Executivo

Nesse episódio, Bruno CarvalhoEdu Aurrai e Felipe Mesquita, falaram sobre o sucesso (ou não) da Retrocompatibilidade do Xbox One, a opinião da Sony sobre “isso” e o Nintendo Switch, e muito mais.

Duração: 94 min

Comentados:
>Recado do Yu Suzuki sobre o adiamento de Shenmue III
>Gameplay Trailer de EVERYTHING
>Mensagem da CD PROJEKT RED sobre a situação do roubo de arquivos internos
>Mineirinho Ultra Adventure

Trailers da Semana:
>Dissidia Final Fantasy NT – Announcement Trailer
>Shadow Of War – Trailer de História Dublado
>SUPER NINTENDO WORLD – Groundbreaking Ceremony
>SUPER NINTENDO WORLD – Trailer
>Bubsy: The Woolies Strike Back Teaser
>The End Is Nigh! (teaser trailer)
>Vampyr – E3 Trailer
>Battleborn: Free Trial Launch Trailer
>Dead by Daylight: Console Launch Trailer
>TEKKEN Retro Recap – Part #2
>FIFA 18 REVEAL TRAILER
>Pokémon Direct 6.6.2017
>Need for Speed Payback Official Reveal Trailer
>Mega Man Legacy Collection 2 Announce Trailer
>Sonic Mania – Chemical Plant Zone Act 2 Gameplay

Jogos da Semana

JOGO DO 99VIDAS NA STEAM!!!

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários para ouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Entre na nossa Locadora http://facebook.com/groups/reloadingbr

E também no nosso grupo do Telegram http://t.me/amigosgamersreloading

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca => http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Compartilhe:
  • Vitor Hugo

    Só queria deixar registrado meu espanto ao ouvir sobre a desacreditação do Bruno sobre estatística e probabilidade. A probabilidade de dar 6 no dado é de 1/6. Isso não quer dizer que vai dar 6 se eu jogar o dado 6 vezes. Caso eu jogue o dado 6 vezes e não de o número escolhido, a probabilidade está errada?
    Passando para intenção de voto. Esses estudos tem o chamado Intervalo de Confiança (que normalmente é de 95%). Existe uma fortíssima relação entre este Intervalo de Confiança e a Margem de Erro. Para 100% de confiança, a margem de erro é infinita ou a amostra tem que ser a população toda.
    Quando se deixa uma pessoa da população fora da amostra, a confiança cai um pouco, um número não-significativo, concorda? Calcula-se, então, quantas pessoas podem ficar fora da amostra para que esta ainda seja significativa. Sempre lembrando do Intervalo de Confiança desejado. Quanto maior esse intervalo, maior a amostra.
    Resumindo, se a pesquisa de intenção de votos tem 95% de confiança com 3% de margem de erro, isso quer dizer que 95% das vezes os valores vão estar mais ou menos 3% do estimado. Joga-se o dado. 5% das vezes vai dar fora. 100% de confiança é estatisticamente possivel, caso pergunte-se a cada brasileiro votante. E isso é feito na eleição em si.
    Achei menosprezador de toda uma profissão, que foi chamada de matemáticos(?), quando existem muito Estatísticos por aí. O Curso de Ciencias Autuárias (Estatística) existe à toa?
    Quando vc planeja quanto gastar no seu jogo (99vidas), mercado, potencial, investimento, previsões, metas, vc pergunta pra população toda? Faz 100% de confiança? A pessoa que faz essa conta é o profissional de estatística, profissão que tem se mostrado “do futuro”.
    Ah, não faço matemática nem estatística. Faço engenharia quimica na UFRJ.

  • Wilton Pahim

    Olá mais uma vez, amigos do Reloading!

    Queria apenas dizer em relação ao assunto retrocompatibilidade, que o pessoal do Xbox esta de parabéns pelo modo como vem tratando público gamer e que a Sony (mesmo amando essa empresa) deveria ter vergonha pelo modo como vem lidando com isso pois é um trabalho muito do porco e uma tremenda falta de tino para os negócios vindo de uma empresa tão grande quanto ela. Espero que ela um dia exergue o tamanho de seu erro, e volte com tudo nessa área em um futuro próximo.

    Quanto a mensagem da CD Projekt Red, eles estão mais do que certos em cada palavra e atitude, e isso só me faz gostar e adimirar ainda mais (como se fosse possível) essa empresa.

    E eu aposto que na PlayStation Experience desse ano vão falar mais não só do Shenmue III, como vão mencionar as versões remasters ou remakers do Shenmue I e II também para PS4. Vai ser incrível, com certeza.

    Já sobre os trailer de Shadow Of War e Sonic Mania, esss foram os trailer que mais me encharam de alegria e vontade de joga-los logo. Tanto que do Sonic já fiz a minha pré venda na PSN, vamos torcer para não acontecer nada agora até lá. Hehe!

    Muito obrigado por mais um ótimo programa, e até a próxima meus amigos.

    Abraços a todos!

  • http://www.twitter.com/davidsaraivam David Saraiva Martins

    Ouvir aqui a curadoria da minha mídia especializada em games

  • Dcnauta Marvete

    Parabéns pelo cast e pela cobertura da E3, pessoal.

  • http://www.twitter.com/RaptorHawk Hawk

    Bruno fica pistola por qualquer coisa muito fácil.

  • Paulo Henrique
  • Hugo

    Sugestão pro nome do programa no YouTube: ReLog

  • Jeremias Jonas

    “Sabe quem também usa o chapéu como arma?

    – Hitler.”

    Gente, não façam isso, cuspi meu refrigerante e quase que bati o carro aqui kkkkkkkk

    • Dcnauta Marvete

      Também fiquei rindo feito um maluco nessa parte.

  • Julio Fabricio

    Nem da vontade de ouvir, certeza que vão dar piti igual quando falam de coope de tela dividida, o pessoal não admite que fazem parte de um nicho, grande coisa que metade ja usaram, dão 2 jogos de 360 todo més acho esse numero ate baixo, já que isso siginifca que quem baixou um jogo gratuito e experimentou apenas meia hora já entra nessa estatistica.

  • Mr.Kimchi

    Sobre a polêmica da declaração do executivo da sony, acho que ficou faltando abordar o ponto que, na perspectiva de um futuro com gerações cada vez mais curtas, tempo de produção dos jogos cada vez mais longo e a indústria chegando num patamar em que fica cada vez mais difícil inovar em questões gráficas e principalmente jogabilidade, retrocompatibilidade vai acabar se tornando cada vez mais importante daqui pra frente.

  • Charles Sixx

    N sei se fui o primeiro mais mandei REsponding… Na página do face na publicação!!!

  • Ary

    Como disse na semana passada (antes desse estudo sair) não concordo com a visão de que a retrocompatibilidade tem grande apelo mercadológico a ponto de justificar grandes investimentos nessa função.

    Apesar de adorar a função como consumidor e de comprar jogos de X360 para jogar no XOne, é bem óbvio que declarações como “metade das pessoas usaram retrocompatibilidade” não significa necessariamente que jogos foram vendidos tendo em vista que muitos herdam sua lista e a MS ofereceu muitos jogos de X360 em pacotes como Rare Collection e AW dentro do jogo QB e todos os Gears para quem comprasse Gears 4. Testar a função a partir do momento que você ganha tantos jogos, parece mais provável do que muitos jogadores consumindo jogos novos.

    Mesmo o fenômeno de CoD retrocompatível vendendo absurdamente bem ( lembrando que CoD é exceção da exceção no mercado em qualquer parâmetro de comparação) claramente os números são substancialmente menores do que um remaster da própria série CoD, ou seja, a estratégia da Sony e possivelmente a futura da Nintendo (que ela começou com Mario Kart) de fazer remasters, mercadologicamente faz mais sentido.

    Concordo que as declarações do executivo da Sony foram péssimas e ele é um idiota, mas o exemplo Gran Turismo faz total sentido. Adoro jogos antigos de todas as gerações, mas diferentemente de um MGS que tem toda uma estética, narrativa e elementos bem característicos, uma série como Gran Turismo tenta entregar realismo e com isso, não é mais tragável um jogo como GT1 ou até versões mais recentes do PS2.

    O mesmo paralelo daria pra fazer com outro gênero como futebol, onde um jogo antigo com uma outra dinâmica de gameplay, perspectiva e estilo artístico como ISS do SNES é totalmente jogável e agradável pelo seu estilo, mas pegar uma versão de FIFA do PS1 não faz mais sentido e é totalmente desagradável porque é apenas uma versão defasada de um jogo com a mesma proposta da série atual. Nem todo gênero envelhece bem e há jogos que não agradariam a maioria dos jogadores atualmente.

    ps: comprem o Switch e me adicionem : SW-1904-2594-6698

  • Andrewmat

    Ótimo cast. Senhor Bruno is on fire e ninguém segura ele não

  • Ariesley Araujo Dias

    Ótimo cast.

  • Sandman

    Ótimo cast, com relação a questão que deu origem ao título do episódio, eu concordo em partes, com relação a questão da retrocompatibilidade, atualmente eu não costumo jogar jogos anteriores ao ps3, já joguei inúmeras vezes, desde os mais mainstream até os mais obscuros e no meu caso não sinto a menor falta de ter esses jogos para jogar no ps4, as vezes por questões gráficas, as vezes por questão de jogabilidade, obviamente não posso falar por todos os gamers, mas fica registrada aqui a minha opinião sobre esse a retrocompatibilidade de ps1 e ps2. Só que quanto aos jogos de ps3 a coisa muda de figura, esses, sim, pra mim fazem falta, mesmo sabendo que grandes jogos do ps3 foram remasterizados para essa geração, jogaria amarradão um Catherine, dead space, red dead, ou qualquer jogo bom que não tenha sido remasterizado.

    PS: Que mau-caratismo do senhor Edu Aurrai ao afirmar que faz uso do adblock, prejudicando os produtores de conteúdo, tsc tsc tsc. kkkkk
    Abraço a todos.

  • Corges

    O título é a melhor parte

  • Gyselle P. Teixeira Correia Li

    Esses títulos <3
    É muito divertido tentar descobrir os assuntos pro cast através dele!

  • PsicoHélder Soúlima

    O que raios os autores tomam na hora de escolher o título do cast?Deve ser um barato muito doido mermão.

    • Rodrigo Davet

      Eles não tomam nada. Essa é a pior(melhor) parte. Eles são assim normalmente.