Reloading #155 – Sombras de um Instinto Assassino no Necrotério

Nesse episódio, Bruno CarvalhoEdu Aurrai e Felipe Mesquita, falaram sobre a suposta “chegada  oficial” do Swicth ao Brasil sem a Nintendo, a volta das teorias da conspiração sobre a participação de Michael Jackson em Sonic, a mais recente polêmica envolvendo Konami e Metal Gear, e um tanto mais.

Duração: 103 min

Comentados:

>Pop Fiction 039: Sonic 3 / Michael Jackson (Legendado) – Nerd, Uai!
>Matéria do The Enemy sobre a homologação do Switch no Brasil
>Estudo do Serviço Secreto e do Departamento de Educação dos Estados Unidos sobre comportamento de atiradores em massa

Trailers da Semana:

Hyrule Warriors: Definitive Edition

Trailer oficial de anúncio de Burnout Paradise Remastered

GHOSTBUSTERS WORLD (AR Mobile Game) – Official Teaser

【DISSIDIA FINAL FANTASY NT】新ステージ:オーボンヌ修道院

Mavericks: Proving Grounds – HD Teaser Trailer

PAPERS, PLEASE – The Short Film

 

 Faça parte da nossa Galeria de Apoiadores do Reloading! É só mandar a sua contribuição através do Padrim!

JOGO DO 99VIDAS NA PSN Americana (PS4,PS3,VITA)

JOGO DO 99VIDAS NA PSN Brasileira (PS4,PS3,VITA)

JOGO DO 99VIDAS NA STEAM!!!

Envie seus e-mails com sugestões, críticas e comentários para ouvinte@reloading.com.br

Siga o Reloading no Twitter @reloadingbr

Curta nossa página no Facebook http://facebook.com/reloadingbr

Entre na nossa Locadora http://facebook.com/groups/reloadingbr

E também no nosso grupo do Telegram http://t.me/amigosgamersreloading

Assine o nosso Feed http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Ou no iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/reloading-atualize-se-gamer!/id991994199?mt=2

Problemas para localizar o Reloading no seu aplicativo de podcasts? Em vez de buscar pelo nome tente usar o link no campo de busca = http://feeds.feedburner.com/reloadingBR

Compartilhe:
  • Diego Phiłł

    Pesadelos com o casco azul até hoje 🙁 !

  • Retrogame

    A população que consome filmes, jogos, musicas, etc violentas e que não comete crime é muito maior, muito mesmo, que a população que comete tais coisas….logo estatisticamente o perfil é completamente invalido.
    O ser humano é violento por natureza, e problemas sociais, psicologicos, economicos e familiares são fatores muito mais preponderantes para tais atos.

  • Adriano Cruz

    Pessoal é o seguinte, ótimo programa que os senhores nos entregaram essa semana e parabéns pela qualidade do projeto como um todo.

    Agora com relação a glorioso Mario Kart de N64, tenho que deixar meu depoimento aqui.

    Joguei bastante o Mario Kart de SNES e o jogo é muito bom. Mas tinha um problema na época, eu tinha no minimo uns 5 amigos que estavam sempre jogando juntos e a limitação de 2 players por partida deixava a galera frustrada quando perdia. Então quando conseguimos o MK 64 onde se poderia correr com até 4 jogadores, fomos a loucura e ele se tornou o jogo de N64 mais jogado da locadora(da qual eu era dono). Então, na minha humilde opinião, apesar de ser um jogo todo “colado” ele foi muito divertido na época e ajudou a criar um padrão para estes jogos. O pessoal não da muito crédito ao N64, mas ele ajudou a emplacar um ou outro estilo do jogo. Smash Bross estabeleceu o Mash up de franquias, que viria a ser copiado pela Sony fez recentemente e a Sega tentou fazer com o Power Stone.

  • Rockfeller

    Se eu fosse diretor de marketing da Microsoft e fosse realizar uma campanha para uma retrocompatibilidade de Dreamcast, eu iria utilizar a imagem do Martin Luther King dizendo: “I have a Dream!” hehe

    Mas de fato, seria um sonho mesmo, caso existisse essa retrocompatibilidade. Vocês poderiam repassar o link dessa petição online? faço questão de assiná-la!

  • Ary

    Sobre o casco azul de Mario Kart eu discordo da maioria das pessoas que consideram que é um item pra causar caos e aumentar a aleatoriedade punindo o primeiro colocado, sendo que a importância do item é justamente no balanceamento do jogo.

    Pode parecer que estou louco ao falar que um item de difícil defesa ou evitabilidade (ainda que exista mais de 10 estratégias pra sair no lucro com o casco azul) que sempre aparece e acerta o primeiro colocado é essencial para equilibrar o jogo, mas não é loucura, em Mario Kart o primeiro colocado tem vantagens imensas do ponto de vista estratégico em relação aos adversários e um bom jogador deve usar dessas vantagens pra conseguir se manter na primeira colocação e tirar uma diferença significativa a cada volta.

    Observem que a aleatoriedade dos itens é determinada pela posição na corrida, com isso o primeiro colocado tem toda uma vantagem de pegar a “pista limpa” porque os últimos colocados (que seriam os que estariam na sua frente) pegam itens de ataque ou de rápida progressão, então eles não atrapalham sua dirigibilidade. O bom jogador na primeira colocação, não desperdiça itens por não ter quem atacar ou apenas os segura para defesa (ainda que seja muito útil usar essa estratégia), mas também os usado deixando-os estrategicamente em posições que ainda que possam ser facilmente desviados pelo segundo colocado, forçam com que eles tenham que abrir curvas ou seguir rotas que não façam parte do melhor traçado, ou seja, há uma possibilidade concreta de você atrasar adversários forçando com que percam tempo em relação a você em cada volta. Além disso, o segundo colocado tem alguns dilemas extras como fugir das armadilhas do primeiro, a ânsia de ultrapassá-lo, a necessidade de se defender dos ataques do terceiro e até quarto colocados. Nesse sentido, segundo, terceiro e quarto colocados são alvos muito mais fáceis, precisam usar itens com mais frequência, encontram mais dificuldades na pista que tornam suas voltas mais lentas, etc.

    Acho que ainda que um item como o casco azul impeça Mario Kart de ser uma franquia totalmente justa e competitiva a nível profissional, como um jogo caseiro que é baseado em uma mescla de corrida arcade com uso de itens, é totalmente justificável pelos motivos apontados e o melhor jogador pode perder corridas para jogadores piores, mas dificilmente perderia um campeonato.

    Aliás, sobre isso, acho que esse é o mal do jogo para os jogadores mais hardcores. Falo da obsessão pela conquista de campeonatos com três estrelas, como se isso fosse o “zerar” do jogo. Acho essa interpretação totalmente equivocada, porque o objetivo de Mario Kart é ganhar os campeonatos, seja conseguindo segundas ou terceiras colocações em corridas aleatórias, o importante é ter mais pontos que os adversários no final do campeonato, não ser vencedor em todas as corridas (como não o é em nenhum campeonato de corrida da realidade). Sendo assim, as três estrelas tem que ser considerado como um desafio extremo de satisfação pessoal que não acrescenta nada ao jogo de modo que ser desafiador conseguir ganhar todas as corridas em primeiro mesmo sendo bom jogador não é uma prova que o item desequilibra o jogo. Ganhar três estrelas vencendo todas as corridas é o equivalente a vencer todas as lutas de Perfect num jogo de luta, algo que não faz sentido para a proposta de jogo.

  • https://society.ga オミヌス アマクサ

    Aos 55:50, sobre o WarCraft II: a primeira versão era mesmo pra DOS, mas em 1998 lançaram uma versão nativamente pro Windows. O único mesmo que ficou refém do DOS-Box foi o primeiro.

    Ótimo episódio, como de costume.

  • Dan Soap

    A palavra reacionário foi usada sem sentido algum por vocês. Não tem sentido vocês falarem “que nego vai comentar isso ou aquilo” sendo que o uso fora do sentido foi seu. ‘-‘ Mesma coisa com conservador ou todo esses espantalhos para tudo que acontece de mal no mundo ser culpa de uma suposta extrema-direita.
    Curiosidade, tempos atrás quando quiseram censurar jogos e usaram a constituição para barrar, a proposta contra os jogos foi de um democrata (a mídia coloca eles como mocinhos e republicanos como malvados em tudo, veja só)

    Governo é merda, seja lá qual lado esteja. Políticos tem o toque de Midas ao contrário.
    Haha
    Abraço.

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Etimologicamente não está errado não, brother. Embora pessoalmente eu teria usado “imediatista” para o que o Felipe quis dizer. =)

  • http://amascan.blogspot.com.br Kanta

    Redstore vendia no mercado livre como “Nintendo loja OFICIAL” com direito a selinho, depois que a Nintendo assumiu que não conhecia, a loja caiu no ML. Descobriram outros podres da redstore. Curioso da hologamação que nenhum momento tem o Nome da Nintendo como dono do equipamento. Colocaram uma empresa chinesa Foxxcom que pelo que parece é a que fabrica peças do Switch. Se olhar a hologamação do Wii, tem nome da nintendo como Fabricante, Iphone tem appple, etc….

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Chegamos a comentar algo a respeito, mas acabei cortando porque ficou meio confuso. Provavelmente voltaremos a esse assunto, visto que parece que ainda vai sair mais caroço desse angu.

  • Emerson Almeida

    Carai Sr Edu Aurrai, de OST of games eu manjo kk, se devia ter colocado esta versão “Revamp” da Morgue o som ta mais cabrerão de bom, muito foda, Valeu Edu!

    https://www.youtube.com/watch?v=HRvPpOAyh4I

    • http://reloading.com.br/ Edu Aurrai

      Massa mesmo essa versão. Até pensei em usar ela mas preferi algo mais próximo do original, no caso aquela que o maninho ripou com o winamp. =D

      • Emerson Almeida

        Sem querer meter o bedelho mas já metendo kkk na escolha da música no fim do cast poderia ser sempre uma OST de um game memorável, como por exemplo as de Phantom 2040 pra SNES, a maioria é top e deve ser nessa linha que vc curte kkk é a cara do Reloading

        • Darth Paul Poor Traaais

          Mas aí ficaríamos sem as “pirações” memoráveis do senhor Bruno Carvalho! E isso “Vale muito mais do que dinheiro!” (com a voz do Sílvio Santos, please!). Eu sei que “nunca mais eu vou dormir” por conta disso…

          • Emerson Almeida

            nesse ponto tenho que concordar que o Senhor Bruno Carvalho é inovador, hey Michael Douglas kkk

  • Ricardo Andrade

    gente..pelo amor de Deus, vamos parar com essa frescurite de “ai.. o jogo mudou um pouco não é tal coisa”. a propriedade da IP é da empresa, ela faz o que quiser até cagar em cima e dizer que é metal gear e pronto.. a gnt pode não gostar do game e pronto e segue a vida… focar reclamando e dizendo “não.. isso nao é mg, isso não é residente”. só nao joga e segue a vida mano….

  • http://alecjordao.blogspot.com.br/ Alexandre Jordão

    Olá nobres amigos gamers! Ótimo cast, como sempre! Seguinte, é possível sim desviar / destruir o casco azul em Mario Kart! O casco vem voando e acerta sua cabeça, só que no momento em que o casco fica sobre você, no último momento é só usar um cogumelo para sair do caminho, o casco vai explodir na pista e você se salva, também funciona isso nas setas turbo que tem nas pistas, mas é mais difícil conseguir. No MK8 foi inserido o item Super Horn (buzina), ela é capaz de destruir o casco azul e é a maneira mais fácil de conseguir esse feito. Um forte abraço e parabéns pelo cast 😀

    • Ary

      Tem muitas outras possibilidades, algumas que soam bestas e só provam a habilidade, como se deixar em posições inferiores ganhar o casco azul e segurá-lo na corrida inteira (porque só um jogador pode pegar casco azul por vez), se jogar num abismo antes do casco te pegar porque o tempo do Lakito te trazer ser mais rápido, deixar-se passar pelo segundo para o casco pegar ele, deixar acertar-se colado com os outros adversários para o casco acertar eles também, etc.

      Mas pra mim, o mais importante é que o primeiro colocado tem muitas vantagens pra conseguir voltas mais rápidas que compensem essa diferença de tempo “fora de direção”.

  • André Matulionis

    Só agradeço ao Aurrai por postar o episódio antes das 6h. Assim consigo baixar no trabalho e ouvir quando estou indo de volta pra casa 🙂

  • http://alecjordao.blogspot.com.br/ Alexandre Jordão